Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

“Dólar a R$ 2,10 é uma tragédia”

Por Marcelo Rehder e Agnaldo Brito, no Estadão desta quarta:A forte queda na cotação do dólar neste início de semana deixou o setor industrial extremamente apreensivo. Para o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), Benedicto Fonseca Moreira, o dólar abaixo de R$ 2,10 é uma “tragédia”. Segundo ele, o câmbio nesse nível […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 08h07 - Publicado em 7 fev 2007, 05h32
Por Marcelo Rehder e Agnaldo Brito, no Estadão desta quarta:
A forte queda na cotação do dólar neste início de semana deixou o setor industrial extremamente apreensivo. Para o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), Benedicto Fonseca Moreira, o dólar abaixo de R$ 2,10 é uma “tragédia”. Segundo ele, o câmbio nesse nível tira o ganho que os exportadores vinham obtendo com a alta nos preços de alguns produtos, além de excluir do mercado externo empresas que já trabalham com margens no limite.“Temos um real se valorizando e um custo interno se agravando”, diz Moreira. “É um choque de trens que temos pela frente.”Na sua avaliação, a situação do câmbio hoje no País é uma temeridade, cujas conseqüências serão desastrosas para a economia. Um exemplo claro disso é a taxa de crescimento das importações, que já supera a das exportações. “Em qualquer país do mundo isso faria acender o sinal amarelo no governo”, afirma o presidente da AEB. “Aqui, parece que eles (o governo) vão esperar a inversão das contas e a volta da vulnerabilidade externa para corrigir as distorções.”
Assinante lê mais aqui

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.