Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

CASA-DA-MÃE-DILMONA – Onde falta ordem, todo mundo grita, e ninguém tem razão

O Parlamento já dispõe de um tribunal para avaliar as contas do governo: é o TCU, que é um órgão que serve ao Poder Legislativo. Mas, pelo visto, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acha pouco. Segundo ele anunciou, vai propor uma PEC para criar no Congresso Nacional um órgão que terá a tarefa […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 5 jun 2024, 00h56 - Publicado em 24 jun 2015, 08h18

O Parlamento já dispõe de um tribunal para avaliar as contas do governo: é o TCU, que é um órgão que serve ao Poder Legislativo. Mas, pelo visto, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acha pouco. Segundo ele anunciou, vai propor uma PEC para criar no Congresso Nacional um órgão que terá a tarefa de fiscalizar o Executivo.

Disse à Folha: “O pior exercício é você ficar como presidente do Congresso comentando a crise. Todo dia acontecem fatos novos e ficar como comentarista do abismo não resolve. É preciso apresentar alternativas, saídas, soluções. Eu acho que esse é o nosso papel”.

E em que esse órgão seria distinto do TCU? Não está muito claro. Parece que Renan pretende que o acompanhamento das contas do governo seja cotidiano, a cargo do que chamou de “Órgão Fiscal Independente”. Disse ainda: “Ele vai fazer um acompanhamento durante a execução da política fiscal, para não acontecerem essas coisas com as quais nós estamos tendo que conviver, como as pedaladas [fiscais]”.

Sabem o mais curioso nisso tudo? É que já se fala das pedaladas como se elas fossem, sei lá, irregularidades menores. Atenção: trata-se de crime de responsabilidade, devidamente caracterizado dos Artigos 10 e 11 da Lei 1.079.

É claro que a proposta reflete o estado de desarticulação a que chegou o governo Dilma. A tal PEC de Renan, se for mesmo apresentada, não deixa de ser estranha, como seria se o Executivo criasse um órgão para avaliar se o Legislativo cumpre as suas funções.  O problema é que, em casa que falta ordem, todo mundo grita, e ninguém tem razão.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.