Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

As mentiras sobre o apoio dos evangélicos a Haddad

Além de divulgar um manifesto de alguns evangélicos em favor de Fernando Haddad (post anterior), os petistas estão fazendo outra coisa: tentando promover uma espécie de guerra contra o pastor Silas Malafaia, que apoia o tucano José Serra. Parece irrelevante? Não é! É coisa mais grave do que parece. Voltarei a este assunto de madrugada. […]

Por Reinaldo Azevedo
Atualizado em 31 jul 2020, 07h34 - Publicado em 23 out 2012, 21h39

Além de divulgar um manifesto de alguns evangélicos em favor de Fernando Haddad (post anterior), os petistas estão fazendo outra coisa: tentando promover uma espécie de guerra contra o pastor Silas Malafaia, que apoia o tucano José Serra.

Parece irrelevante? Não é! É coisa mais grave do que parece. Voltarei a este assunto de madrugada. Leiam nota divulgada pelo pastor Silas Malafaia.

A mentira deslavada de Haddad e do PT para enganar os evangélicos e a sociedade de São Paulo

Acredito que Fernando Haddad nem precisa fazer teste para ser artista; ganha vaga em qualquer filme de Hollywood.  Haddad e o PT produziram a notícia de que 20 entidades evangélicas e vários pastores o estão apoiando. Tenho certeza de que ele aprendeu a mentir com seus mentores, que acabam de ser condenados pelo Supremo Tribunal Federal por formação de quadrilha.

Continua após a publicidade

Vejamos:

MENTIRA 1: Que os pastores pediram reunião com ele. Mentira! Foi a equipe de Haddad que convidou os pastores, e a reunião aconteceu no diretório do PT, em São Paulo.

MENTIRA 2: Que os pastores assinaram o manifesto de apoio a Haddad e contra minha posição “violenta” em relação a ele. Mentira! Os pastores assinaram um documento de apoio a Haddad sem saber que o documento também era um documento contra minha pessoa.

Continua após a publicidade

MENTIRA 3: Que a reunião foi feita com 200 líderes de entidades evangélicas. Mentira! Não tinha um líder — isto mesmo, um líder evangélico de expressão em São Paulo. Havia somente líderes sem projeção. Se desejarem, eu dou a lista dos 20 maiores líderes evangélicos de São Paulo, e nenhum deles estava lá.

MENTIRA 4: Que 20 entidades evangélicas estão apoiando Haddad, inclusive a CGADB. Mentira! Como sempre tenho dito, quem apoia são as pessoas, e não as entidades. A CGADB, entidade maior das Assembleias de Deus do Brasil, é presidida pelo Pr. José Wellington, que apoia Serra e nunca falou em nome da CGADB ou da Assembleia de Deus.

Esta eu deixei para o final: os pastores que estavam na reunião questionaram Haddad sobre o kit gay, e ele se recusou a responder. Segundo Haddad, quando eu apoiei Serra, ele disse que não iria dar importância ao submundo da política e ao mundo das trevas. Agora, com medo de não receber o voto dos evangélicos, monta uma farsa para tentar ludibriar o povo evangélico e a opinião pública de São Paulo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.