Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Os erros e acertos do governo na operação contra o Hezbollah

Ação provocou um inadequado embate entre um ministro de Lula e o líder de Israel

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
11 nov 2023, 14h01

Flávio Dino foi informado na manhã de quarta, pela Polícia Federal, sobre os resultados da operação contra supostos terroristas do Hezbollah. À tarde, foi a Lula relatar o caso.

O ministro desagradou fontes do Itamaraty ao se meter no debate internacional, rebatendo uma nota do governo de Israel sobre a ação.

“Dino poderia ter defendido o trabalho da Polícia Federal sem atropelar a diplomacia e o próprio presidente Lula, que é quem deveria falar, se achasse adequado rebater o Netanyahu”, diz um diplomata.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.