Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Fotógrafo vai fazer exposição de fotos de vítimas da barragem de Mariana

.

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 29 jun 2023, 18h37 - Publicado em 29 jun 2023, 17h30

O fotógrafo Francisco Proner, que ficou conhecido aos 18 anos por registrar Lula carregado por uma multidão em São Bernardo do Campo (SP) antes de ser preso, em 2018, vai fazer uma exposição com imagens de vítimas do rompimento da barragem de Mariana (MG), em novembro de 2015.

Hoje com 23 anos, Proner vai ser acompanhado em parte das viagem a comunidades afetadas pelos rejeitos de minério por integrantes do Hotta Advocacia, que é parceiro institucional no Brasil do Pogust Goodhead, escritório que representa cerca de 700.000 vítimas na ação nos tribunais ingleses contra a multinacional anglo-australiana BHP, controladora da Samarco junto com a Vale.

Com fotos publicadas em jornais como New York Times, The Washington Post, The Guardian, Le Monde e El País, o fotógrafo quer que suas imagens ajudem a sensibilizar as autoridades competentes a resolver logo a compensação das vítimas.

“A fotografia denuncia o que só as palavras não são capazes. O nosso objetivo é registrar o rastro de destruição que grandes empresas deixam no meio ambiente e na vida das pessoas, principalmente dos povos originários, que tem a natureza como a própria casa”, afirma Proner.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.