Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Ex-interna aciona Comissão da Verdade para apurar torturas em sanatório

Hospital psiquiátrico teria sido usado como laboratório do DOI-CODI durante a ditadura militar

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 11 Maio 2023, 01h33 - Publicado em 10 Maio 2023, 18h30

A psicanalista Cleide Regina Scarmelotto acionou a Comissão Nacional da Verdade para apurar o funcionamento de um hospital psiquiátrico como “laboratório de tortura de mulheres” durante a ditadura militar, em Santo André (SP). Ela diz ter sido internada pela própria família por namorar um homem negro. 

O Sanatório Palmares foi aberto em 1968 e, conforme a petição apresentada à Comissão, pode ter sido utilizado como uma extensão das torturas ocorridas no DOI-CODI. O hospital psiquiátrico foi fechado na década de 1990 pelo então prefeito Celso Daniel.

Segundo o relato de Cleide, no local, ocorria o uso intenso de medicações e aparelhos de choques elétricos com o objetivo de medir o grau de consciência das internas. Os experimentos eram observados por médicos civis e militares. 

“Sistematicamente o uso do corpo da requerente enquanto adolescente, para testes e aprimoramento de torturas a serem aplicadas em presas políticas, é mais uma das atrocidades ocorridas e tempo em que o Estado nacional desumanizava uma para promover a desumanização de outras”, diz o documento.

De acordo com o advogado Renato Ribeiro, um dos autores da petição, o pedido para apuração do Sanatório está sob análise da Comissão Nacional da Verdade. Se a solicitação for aceita pelo comitê, o passo seguinte é a indicação de um relator para o caso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.