Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deputado Otoni de Paula prestará depoimento à PF na próxima segunda

Parlamentar é investigado em inquérito no STF que apura atos golpistas

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 25 ago 2021, 17h05 - Publicado em 25 ago 2021, 16h56

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) acertou com a Polícia Federal a data para o seu depoimento no inquérito do STF que investiga protestos golpistas e ameaças a ministros do Supremo.  

Otoni será ouvido na sede da PF no Rio na próxima segunda-feira, a partir das 14hs. O deputado afirma que sua defesa não teve acesso ao inteiro teor do processo. 

O deputado teve na semana mandado de busca e apreensão cumprido pela PF em endereços seus por autorização do ministro do STF Alexandre de Morais. 

Nesta terça, em seu primeiro discurso no plenário da Câmara depois da ação da polícia, o bolsonarista voltou a fazer críticas ao Supremo e disse que o país vive uma “escalada ditatorial da toga”.

“Estamos diante de uma Suprema Corte aparelhada politicamente. A escalada ditatorial da toga alcançará a todos nós mais cedo ou mais tarde. Estaremos todos curvados diante dos tentáculos de homens que deixaram de ser guardiões da Constituição para interpretá-las por suas conveniências. A pior ditadura é a do poder Judiciário, porque contra ela não há a quem recorrer”, disse ele.

Continua após a publicidade

Publicidade