Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Caiado vê erros de Haddad e diz que Fazenda “não é lugar para amadores”

“O Haddad construiu o próprio calvário. Foi com muita sede ao pote para arrecadar e acabou quebrando o pote", diz o governador

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 14 jun 2024, 10h01

Governador de Goiás e postulante ao Planalto em 2026, Ronaldo Caiado avalia que o ministro Fernando Haddad cometeu erros básicos ao gestar a MP do PIS-Cofins sem debater antes o tema com a classe política e com o próprio empresariado.

“O Haddad construiu o próprio calvário. Foi com muita sede ao pote para arrecadar e acabou quebrando o pote”, diz o governador.

O fato de tudo ter ocorrido enquanto o ministro visitava o Papa Francisco no Vaticano também é citado por Caiado como uma falha do “desgoverno” conduzido por Lula.

“Haddad achou que iria editar uma MP dessas, viajar até o Papa e voltar com o Congresso e o setor produtivo dizendo amém. Parece médico formado em curso on-line. A Fazenda não é lugar para amadores”, diz Caiado.

Continua após a publicidade

Caiado prevê um cenário turbulento para o governo conseguir concluir a regulamentação da reforma tributária, já que segue buscando ampliar arrecadação para poder elevar os gastos.

Nesta quinta, Haddad até falou em “revisão de gastos” para o próximo ano. O problema, no entanto, é de credibilidade. Lula já disse em palanques que é proibido falar, por exemplo, que reajuste salarial é gasto. “É investimento”, disse o petista.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.