Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

24/9/2007 – 28/9/2007

  Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007 Receba as notas por SMS e RSS   GOVERNOAbriu a porteira | 17:08 A operação CPMF está a todo o vapor. O governo nomeou hoje três diretores para a Companhia Brasileira de Trens urbanos (CBTU). Todos na cota do PP. Os padrinhos são o senador Francisco Dornelles, o deputado federal […]

Por Da Redação
Atualizado em 31 jul 2020, 20h20 - Publicado em 5 out 2007, 18h09


  Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
GOVERNO
Abriu a porteira | 17:08

A operação CPMF está a todo o vapor. O governo nomeou hoje três diretores para a Companhia Brasileira de Trens urbanos (CBTU). Todos na cota do PP. Os padrinhos são o senador Francisco Dornelles, o deputado federal Simão Sessim e o secretário-geral do partido, Benedito Domingos.

TECNOLOGIA
Gil no Vale do Silício | 15:53

O ministro Gilberto Gil está em turnê. Mas, desta vez, não é musical. Depois de uma palestra, ontem, no Massachussets Institute for Technology (MIT), está neste momento no Vale do Silício. Gil foi encontrar-se com um time de grandes executivos do mundo digital. Entre outros, conversará com o criador do Yahoo, Jerry Yang, o inventor do Second Life, Phillip Rosedale e o sócio de Al Gore na Current TV, Joel Hyatt. Tudo para falar sobre o futuro da tecnologia. O MinC tem um departamento para tratar do impacto do meio digital na cultura

ECONOMIA
A Petrobras está ficando para trás… | 12:45

Continua na Bovespa a disputa entre Vale do Rio Doce e Petrobras (ver notas postadas ontem às 17h05 e 18h39) pelo posto de empresa de maior valor de mercado no país. A mineradora iniciou o dia abrindo vantagem sobre a estatal: durante todo o pregão de hoje esteve à frente. O valor de mercado da Vale neste momento é de 157,8 bilhões de dólares. O da Petrobras é de 157,1 bilhões de dólares.

GOVERNO
Lula e Salinas | 11:55
Chamou atenção ontem, durante a cerimônia de inauguração da Record News, uma conversa privada entre Lula e o mexicano Ricardo Salinas. Ele é dono da TV Azteca, a segunda maior do México, e recentemente tomou a decisão de investir no Brasil. Aos 51 anos, Salinas é o terceiro homem mais rico do seu país. E está trazendo para o Brasil (mais especificamente para o Nordeste) a rede de eletrodomésticos Elektra, a maior do México.
TELEVISÃO
Quem matou Taís? | 11:44
O capítulo de ontem de Paraíso Tropical, o penúltimo, alcançou 53 pontos de audiência. Isso significa que de cada cem aparelhos de tevê que estavam ligados ontem no horário, 74 estavam sintonizados na novela da Globo – um senhor ibope. A dúvida é saber se o “quem matou” do capítulo final fará a Globo bater algum recorde de audiência. A maioria dos especialistas diz que não.
GOVERNO
PMDB versus Temporão | 07:46

A bancada do PMDB na Câmara está irritada com o ministro José Gomes Temporão. Ele resiste em nomear para a presidência do Datasus um dos três indicados pela bancada federal. A reclamação já chegou a Walfrido dos Mares Guia.

Continua após a publicidade
Aliado, mas nem tanto | 07:45

Esta briga é uma espécie de PMDB versus PMDB: Temporão é filiado histórico do partido, embora sua indicação não tenha passado pelo PMDB.

SÃO PAULO
Comendo pelas beiradas | 06:06

As próximas pesquisas de opinião na capital paulista mostrarão que a avaliação da gestão Gilberto Kassab continua em viés de alta.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 28 de setembro de 2007

  Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
ECONOMIA
A Vale passou. Mas por pouco tempo | 18:39
Pela primeira vez na história, a Companhia Vale do Rio Doce passou a Petrobras (veja detalhes na nota abaixo). Seu valor de mercado na Bovespa alcançou 157,9 bilhões de dólares, contra 157,6 bilhões de dólares da estatal perto do final do pregão. Mas alegria durou pouco e o petróleo retomou a dianteira sobre o minério de ferro. No final, a Petrobras fechou o dia valendo 158,4 bilhões de dólares. E a Vale, 156, 8 bilhões de dólares.
ECONOMIA
A Vale passará a Petrobras? | 17:05
Uma emocionante disputa eletrizou o pregão de hoje da Bovespa. De um lado, a Companhia Vale do Rio Doce. Do outro, a Petrobras. Em jogo, o troféu de empresa com o maior valor de mercado do Brasil, título que sempre pertenceu a estatal. Neste momento, o valor de mercado da Petrobras está em 157,614 bilhões de dólares, contra 157,430 bilhões de dólares da Vale. Falta menos de uma hora para terminar o pregão de hoje. O mercado financeiro está de olhos grudados nos terminais acompanhando as ordens de compra e venda.
BRASIL
Apagão no ES pára usinas | 11:55
O apagão que deixou às escuras Vitória, parte do Espírito Santo e o norte do Rio de Janeiro teve, além dos transtornos na vida da população, já produziu forte impacto econômico. As sete usinas de pelotização da Vale do Rio Doce localizadas no ES estão paradas desde ontem às 18 horas. Cerca de 100 000 toneladas de pelotas de ferro deixaram de ser produzidas.
DEMOCRATAS
Os protagonistas | 07:58

O programa de tevê do Democratas, que irá ao ar no dia 1º de novembro em rede nacional, já está sendo gravado. A cúpula do partido definiu as estrelas do programa, dirigido por Paula Lavigne: Cesar Maia, Gilberto Kassab e José Roberto Arruda.

TELEVISÃO
SS, Galisteu e games | 07:42

Silvio Santos prepara uma nova mexida na programação do SBT. SS retomou as rédeas da emissora, onde tem despachado duas vezes por semana. Sua filha Daniela, que meses atrás ganhara status de sucessora de SS, teve suas funções esvaziadas. Entre outras novidades, Silvio Santos quer botar Adriane Galisteu apresentando um game show. A apresentadora rejeita a idéia.

GOVERNO
A disputa pela TV Brasil | 06:49

A escolha da jornalista Tereza Cruvinel para presidir a TV Brasil não agradou a pelo menos um ministro. Gilberto Gil havia indicado para o posto o secretário de Audiovisual do Minc, Orlando Senna. O nome de Senna foi levado a Lula e a Franklin Martins há cerca de um mês. Martins, a quem coube a a escolha do número 1 da nova tevê estatal, não aceitou a indicação de Gil. Mas ofereceu-lhe um prêmio de consolação: Senna ficaria com um cargo executivo importante na emissora. Algo equivalente a diretor de programação.

Continua após a publicidade
O destino de Senna | 06:48

O prêmio de consolação acabou aceito.

Derrota de Gil | 06:30

Até ontem, Gil, que estava em Boston para dar uma palestra sobre novas tecnologias, ainda tinha esperanças de um reviravolta em favor do seu indicado. Gil não reclamará publicamente da escolha – muito pelo contrário. Não é do seu estilo.

ANAC
Zuanazzi isolado | 06:03

Como se sabe, Nelson Jobim espera o pedido de exoneração de Milton Zuanazzi, o presidente da Anac. Se a demissão não vier ou demorar, no entanto, Jobim trabalha com a possibilidade de dar posse aos quatro novos diretores indicados por ele e isolar Zuanazzi. Como as decisões se dão por votações, Zuanazzi ficaria tal e qual uma Rainha da Inglaterra. Essa idéia já foi discutida por Jobim.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 27 de setembro de 2007

  Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
PETROBRAS
Planalto e PMDB se acertam 1 | 17:20

Foi batido o martelo: a disputada diretoria internacional da Petrobras vai mesmo para os braços da bancada federal do PMDB (veja mais detalhes sobre a disputa na nota postada hoje às 6h10). Numa longa reunião ocorrida ontem à noite entre os deputados peemedebistas e o ministro Walfrido dos Mares Guia foi tudo acertado.

(Atualização: a derrota do governo na votação da Medida Provisória que criaria a Secretaria de Ações de Longo Prazo, ocorrida à noite, foi obra do PMDB. Mas, atenção: esta foi uma rebelião da bancada peemedebista no Senado, insatisfeita com a demora nas nomeações de seus afilhados políticos. A bancada peemedebista na Câmara teve seu problema mais urgente resolvido ontem – a nomeação do diretor internacional da Petrobras. São, portanto, duas bocas famintas que o governo tem que saciar. Dar de comer apenas aos deputados não basta, como se vê…)   

Continua após a publicidade
Planalto e PMDB se acertam 2 | 17:19

A dúvida agora é quanto ao nome. João Augusto Fernandes, ex-diretor da BR Distribuidora, era o indicado. Há semanas o nome de Fernandes está na mesa de negociações. Mas há vetos que pesam sobre ele. O PMDB não viu problema. Afinal, quer o cargo e não o nome. Ficou combinado assim: se houver veto, escolhe-se outra pessoa e não se fala mais nisso.

Quem perde | 17:18

A decisão do Planalto é uma derrota para o petista Delcídio Amaral e os senadores peemedebistas Renan Calheiros, José Sarney e Romero Jucá, que lutavam pela manutenção de Nestor Cerveró no cargo. A diretoria internacional da Petrobras é poderosa: só este ano, por exemplo, a previsão é de que invista 2,3 bilhões de reais – mais do que muito ministério.

TELEVISÃO
Em negociação | 15:46

Hélio Vargas, que deixou o posto de diretor artístico da Record há três semanas, esteve na sede do SBT ontem para uma conversa.

COPA 2014
Gisele Bündchen sem cachê | 12:34

Gisele Bündchen será convidada nos próximos dias pela CBF para integrar o time de personalidades que irá a Zurique no dia 29 de outubro para o anúncio do Brasil como país-sede Copa de 2014. Se topar, irá enfileirar-se ao lado de Lula, Paulo Coelho e Romário. Mas, atenção: a CBF não oferecerá cachê. Será que ela aceita?

ELEIÇÕES 2008
Não é bem assim | 10:36

Quem perguntar a Paulo Maluf se há chance de ele ser candidato a prefeito de São Paulo em 2008, ouvirá um “posso me candidatar”. Em seguida, Maluf arremata com uma de suas máximas: “time que não entra em campo, não tem torcida”.

Continua após a publicidade
Cacife para negociar | 10:35

A chance real de Maluf ser chandidato é zero. Como todo o político, no entanto, não há razão para negar qualquer possibilidade que o valorize politicamente, sobretudo a um ano da eleição. Não será candidato, mas será disputado por todos – do PT ao PSDB. Maluf obteve apenas na cidade de São Paulo quase 400 000 votos para deputado federal, nas eleições do ano passado.

PETROBRAS
Solução salomônica | 06:11

A disputa pela diretoria internacional da Petrobras pode ser resolvida numa solução salomônica. Assim, o diretor Internacional, Nestor Cerveró, permaneceria no cargo – e contentaria um poderoso time de senadores que quer vê-lo ali. Entre eles, o petista Delcídio Amaral e os peemedebistas José Sarney, Renan Calheiros, Roseana Sarney e Romero Jucá. E o que fazer com João Henriques, que está sendo indicado pela bancada mineira do PMDB? Simples, explica um velho peemedebista, é só dar a ele uma outra diretoria. A bancada federal topa esta solução, que já está na mesa. Em resumo: me arranja uma diretoria que está de bom tamanho.

A porteira se abriu | 06:10

Essa solução é aceita, mas que seja logo. A turma está impaciente. Com as nomeações de sexta-feira passada – de José Eduardo Dutra para a presidência da BR e de Maria das Graças Foster para a diretoria de Gás da Petrobras – “a porteira de abriu”, como diz um outro peemedebista influente.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 26 de setembro de 2007

  Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
ANAC
Caiu mais um: Josef Barat | 19:02

Acaba de explodir dentro dos corredores da Anac: Josef Barat pediu demissão hoje, em carta ao ministro Nelson Jobim. É o quarto diretor a cair nos últimos 40 dias. Agora, só falta o Milton Zuanazzi, o presidente da agência, abrir caminho para a tentativa de renovação da agência.

Em busca de uma boquinha | 18:56

Milton Zuanazzi sabe que a sua permanência na Anac é inviável. Só está prolongando a sua agonia porque pretende conseguir alguma boquinha no governo. O problema é que seu padrinho político, Walfrido dos Mares Guia, tem hoje problemas mais urgentes para resolver. Como, por exemplo, salvar a própria pele no imbróglio do “mensalão mineiro”

Continua após a publicidade
AVIAÇÃO
Investigação neles | 12:14

O relatório final da CPI do Apagão Aéreo na Câmara será lido daqui a pouco. Nele, os deputados pedem que o Ministério Público investigue toda a diretoria da Anac, além de alguns funcionários da agência. O relatório, contudo, será votado apenas na semana que vem.

ANAC
Cadê a Solange? 1 | 11:21

Desde que a indicação de Solange Paiva Vieira para a presidência da Anac foi tornada pública por Nelson Jobim, ninguém ouviu qualquer manifestação da economista sobre aviação. Aliás, nem sobre aviação nem sobre qualquer tema. Solange recolheu-se em mudez total. Logo ela, conhecida por dar entrevistas em cima de entrevistas quando comandava a Secretaria de Previdência Complementar no governo FHC. Foi uma determinação de Jobim, que não queria Solange exposta a qualquer tiroteio. Em resumo, Jobim pediu: “Desapareça, não dê entrevistas”.

Cadê a Solange? 2 | 11:04

E onde está Solange? Está enfiada numa sala do ministério da Defesa, onde tem chegado bem cedo e saído por volta de meia noite. Economista, especializada em previdência, Solange passa os dias estudando o setor de aviação. Lá, ficará até que Milton Zuanazzi, o desastrado presidente da Anac, faça o que se espera dele: peça demissão, o que será o único gesto incontestável de sua gestão.

FUTEBOL
Faltou o Brasil… | 08:05

Começou no domingo, em Buenos Aires, a Copa do Mundo Gay. Participam da competição 28 equipes. São times da Inglaterra, Austrália, Argentina, Uruguai, Chile, México, EUA e até da Islândia. O Brasil, terra do futebol, não mandou representante – embora o Rio de Janeiro tenha entrado na disputa para sediar a Copa.

…e o Irã | 08:04

Também não participa qualquer equipe do Irã. Até por que só se os atletas iranianos jogassem dentro de um armário bem fechado. Mahmoud Ahmadinejad, presidente do Irã, declarou ontem em alto e bom som nos EUA, quando perguntado sobre homossexualismo: “nós não temos isso em nosso país”

ITAMARATY
Nosso homem no Sri Lanka | 06:05
Quem ocupará a embaixada no Sri Lanka, que está sendo criada pelo Itamaraty, é o diplomata Pedro Bório.
Dança das cadeiras | 06:04

A previsão é do Itamaraty: em 2008, trinta embaixadores trocarão de postos.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 25 de setembro de 2007

  Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

Receba as notas por SMS e RSS  
SÃO PAULO
Um negócio de 20 bilhões 1 | 16:14
A venda de ativos do governo de São Paulo – um negócio que pode chegar a 20 bilhões de reais e envolve a participação acionária do estado em diversas empresas – despertou a cobiça dos bancos. Pelo menos sete deles entregaram hoje suas propostas. Entraram na disputa UBS/Pactual, Morgan Stanley, Merryll Lynch, Citibank, Itaú, JP Morgan e BES.
Um negócio de 20 bilhões 2 | 16:08
O critério de seleção será o valor da comissão. A previsão é de que fique abaixo de 0,5%. Na semana passada o UBS ganhou a venda de ações do Banco do Brasil cobrando comissão de 0,01%. Os vencedores serão conhecidos na semana que vem.
DIPLOMACIA
Bush muda a agenda do encontro com Lula | 12:34

Faltando poucas horas para o encontro, o governo americano acaba de mudar a agenda da reunião entre os presidentes Lula e George W. Bush, que acontecerá nesta segunda-feira, às 18 horas, no hotel Waldorf Astoria, em Nova York. Lula foi preparado para discutir o futuro do etanol e a nova proposta de redução de subsídios agrícolas. Bush quer mudar de assunto. A pauta tratará exclusivamente sobre rodada de Doha, paralisada há anos por impasses políticos.

BRASIL
Pensões e indenizações 1 | 10:16

A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça aprovou o processo de ex-militante de esquerda e sindicalista Carlos Marighella Filho. Com isso, Marighella Filho passa a ganhar uma pensão de 9 000 reais mensais da União. Como o nome indica, ele é filho do ex-chefe da Ação Libertadora Nacional (ALN), o auto-denominado “guerrilheiro e terrorista” Carlos Marighella, assassinado pela ditadura em 1969.

Pensões e indenizações 2 | 10:15

A União despende 28 milhões de reais mensais por conta de processos iguais a esse – incluindo os 8 000 reais que são depositados na conta de Lula todos os meses. As indenizações já passaram de 1,5 bilhão de reais. Mas esse bilhão e meio é só o começo da história: mais de 60 000 processos foram protocolados na Comissão de Anistia. E menos de 20 000 foram julgados.

Pensões e indenizações 3 | 10:14

A propósito, a Comissão de Anistia também bateu o martelo no processo de Irles de Carvalho, a primeira mulher de Herbert de Souza, o Betinho. Irles, ex-presa política e hoje editora de livros infantis no Rio de Janeiro, terá direito a uma indenização de 100 000 reais.

GOVERNO
Duda Mendonça e o planejamento familiar | 07:08
Duda Mendonça tem tarefa nova neste governo. Ele pessoalmente está cuidando do lançamento da megacampanha de planejamento familiar que o ministério da Saúde lançará no fim do ano. O ministro José Gomes Temporão e Duda jantaram duas semanas atrás no Rio de Janeiro para tratar do assunto.
PROPINODUTO
A vez do Garotinho 1 | 06:05

O tucanoduto mineiro, que será denunciado nos próximos dias pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, não deve correr solitário como o escândalo da vez. Uma informação publicada no sábado pelo repórter Marcelo Auler em O Estado de S. Paulo – e mesmo assim sem o destaque merecido – tem potencial para explodir mais uma reputação. Mesmo que seja uma reputação em frangalhos, como a de Anthony Garotinho.

A vez do Garotinho 2 | 06:04

Está-se falando aqui da revelação feita por Fernando Fragoso, advogado de Rodrigo Silveirinha, protagonista do escândalo nomeado de Propinoduto. Nele, foram descobertos o equivalente a 33 milhões de reais depositados nas contas de vários auditores fiscais do governo do Rio de Janeiro. Segundo Fragoso, os 8 milhões de reais depositados na Suíça na conta do seu cliente serviriam de caixa de campanha para a então candidata ao governo do Rio, Rosinha Garotinho. Fragoso, durante a defesa oral de um recurso no TRF na semana passada, disse que Silveirinha “não tinha nada a ver com aquela conta”. Mais: que ele “nunca tocara num centavo pois, na verdade, era apenas o tesoureiro da governadora Rosinha”. Irônico, arrematou: “Preciso ser mais claro?”. Não precisa.

Por que ele falou agora? | 06:03

Desde que o escândalo explodiu, Silveirinha calou-se – como numa espécie de pacto. Foram quase cinco anos mudo. Nunca falou de quem era o dinheiro, embora as suspeitas recaíssem sobre o grupo apontado agora por Fernando Fragoso. A pergunta óbvia é: por que Silveirinha, pela boca de Fragoso, resolveu abrir o bico? De qualquer forma, a tampa foi aberta. E começa a cheirar mal.

Fórum
Dê sua opinião sobre as notas do dia 24 de setembro de 2007
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.