Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Modo Avião

Por Tatiana Cunha
As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem
Continua após publicidade

As empresas aéreas mais seguras e as mais perigosas do planeta

Depois de vivermos o ano mais seguro da aviação comercial em 2017, o ano passado foi o pior em termos de acidentes aéreos e mortes desde 2014

Por Tatiana Cunha Atualizado em 30 jul 2020, 20h02 - Publicado em 11 jan 2019, 14h21

Sei que para quem tem medo de voar este é um tema que não agrada muito… mas que não pode ser evitado.

Se em 2017 vivemos o ano mais seguro da aviação mundial, com apenas dois acidentes fatais e 13 mortes envolvendo voos comerciais no planeta, 2018 foi bem diferente disso.

De acordo com um estudo publicado pelo site especializado Aviation Safety Network, 2018 foi o pior neste quesito desde 2014. Foram registrados 16 acidentes e 555 mortes envolvendo voos comerciais _o pior deles o da low cost Lion Air que caiu em 29 de outubro na Indonésia e matou as 189 pessoas que estavam a bordo.

Continua após a publicidade
Equipe de resgate examina os restos encontrados do voo JT610 da Lion Air, em Jacarta, na Indonésia – 29/10/2018 (STR/Reuters)

Como comparação, em 2014 foram registradas 537 mortes em acidentes com voos comerciais, sendo os dois mais famosos os dois aviões da Malaysian Airlines.

Mas apesar dos números, há uma boa notícia no relatório da Aviation Safety Network. Mesmo com o aumento no número de acidentes e mortes em 2018, a porcentagem de acidentes caiu no último ano graças ao aumento na quantidade de passageiros e voos.

Continua após a publicidade

De acordo com o site, foram 4,5 bilhões de passageiros e 45 milhões de voos no ano, o que dá uma média de 1 acidente fatal a cada 2,80 milhões de voos.

Agora falando em termos práticos, ficou curioso para saber quais são as empresas aéreas mais seguras para voar? E aquelas que você deve passar longe também?

Pois então vamos a estes números.

Continua após a publicidade

Uma outra pesquisa realizada desde 2013 anualmente pelo site Airline Ratings apontou as 20 empresas aéreas mais seguras do planeta.

Para chegar aos dados, os pesquisadores analisaram os dados de 405 companhias de todo o mundo e usaram 12 critérios para ranqueá-las, tais como acidentes, relatórios de incidentes, idade das aeronaves, iniciativas de segurança, relatórios governamentais, lucratividade, entre outros.

Qantas Airbus 330

Continua após a publicidade

Com todos os dados analisados, o site elegeu a australiana Qantas como a empresa aérea mais segura do planeta, não apenas pelos números que apresenta como também pelas iniciativas e inovações trazidas pela empresa com relação à segurança de passageiros e tripulantes.

Apesar de destacar a Qantas como a mais segura dentre as 20 melhores do planeta, as demais aéreas são citadas em ordem alfabética. São elas: Air New Zealand, Alaska Airlines, All Nippon Airways, American Airlines, Austrian Airlines, British Airways, Cathay Pacific Airways, Emirates, EVA Air, Finnair, Hawaiian Airlines, KLM, Lufthansa, Qatar, SAS, Singapore Airlines, Swiss, United Airlines e Virgin.

E como hoje em dia cada vez mais surgem empresas low cost pelo mundo, o site elaborou também um Top 10 das aéreas de baixo custo mais seguras do planeta.

Continua após a publicidade

São elas (em ordem alfabética): Flybe (Inglaterra), Frontier (EUA), HK Express (Hong Kong), Jetblue (EUA), Jetstar (Austrália/Ásia), Thomas Cook (Reino Unido), Volaris (México), Vueling (Espanha), Westjet (Canadá) e Wizz (Hungria).

Se você vai viajar numa low cost e ela não está nesta lista, saiba aqui como saber se ela é segura.

E, para fechar as listas, a Airline Ratings ainda divulgou as empresas com as piores notas de seu ranking. em outras palavras aquelas que você deve evitar a todo custo viajar. A elas… Ariana Afghan Airlines (Afeganistão), Bluewing Airlines (Suriname), Kam Air (Afeganistão) e Trigana Air Service (Indonésia).

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.