Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Matheus Leitão

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

O tiro certeiro do interventor de Lula no DF em Bolsonaro

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 10 jan 2023, 11h28

Nomeado como interventor de Lula na secretaria de segurança do Distrito Federal, Ricardo Capelli deu um tiro certeiro em Anderson Torres, o ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro acusado de facilitar atos terroristas da extrema-direita.

“Houve uma operação estruturada de sabotagem comandada pelo ex-ministro bolsonarista Anderson Torres. Ele montou a sabotagem e viajou”, afirmou Capelli nesta terça-feira, 10, à CNN.

Como se sabe, os fatos são: Torres deixou o ministério da Justiça e assumiu a secretaria de Segurança do DF, mas viajou para os Estados Unidos para encontrar o ex-presidente justamente quando eram planejados os ataques às sedes dos Três Poderes em Brasília.

“O que mudou em 7 dias? É simples, no dia 2, Anderson Torres assumiu a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, exonerou todo o comando da secretaria e viajou. Se isso não é sabotagem, não sei o que é’’, disse Capelli, que é secretário-executivo do ministério da Justiça,  comparando o vandalismo de domingo, 8, com a posse do presidente Lula sete dias antes.

Continua após a publicidade

Como revelou a coluna em dezembro, uma importante suspeita de investigadores relacionada aos atos antidemocráticos bolsonaristas – que também vandalizaram a capital do país no dia da diplomação de Lula – é de que a Polícia Militar negligenciou o tempo de resposta aos fatos criminosos.

E o que se viu no último domingo, 8? A mesma coisa. Como os dois casos se juntam? Através da omissão da Polícia Militar do DF. Não é segredo que o governo local é ligado a Bolsonaro. Ibaneis Rocha sempre apoiou o ex-presidente, e seus atos golpistas.

Em meio a esse quadro, o interventor de Lula está cada vez mais perto de responsabilizar não só os cerca de 1500 terroristas presos, mas também os agentes de estado que permitiram a destruição do Palácio do Planalto, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.