Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Matheus Leitão

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

As revelações sobre o racha no ‘núcleo duro’ do bolsonarismo

Depoimento de Frederick Wassef à Polícia Federal, revelado por VEJA, abre flanco na extrema-direita

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 19h44 - Publicado em 30 nov 2023, 13h05

A reportagem de Daniel Pereira, de VEJA, sobre o novo depoimento de Frederick Wassef à Polícia Federal, mostra mais que novas facetas do escândalo das jóias no seio bolsonarista – revela um racha entre dois dos principais aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro.

No depoimento detalhado com exclusividade, Wassef ameaça processar Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência na gestão Bolsonaro, caso ele não devolva o dinheiro gasto na recompra de um Rolex de ouro branco, nos Estados Unidos.

Wassef não para por aí.

Descreve, por exemplo, que Fabio Wajngarten fazia chamadas “obsessivas” e “compulsivas” para que ele adquirisse o relógio, mostrando um lado desesperado – e que permanecia desconhecido da sociedade brasileira até a publicação da reportagem.

Continua após a publicidade

O fato é importante porque toda a estratégia de defesa foi construída sob a alegação de que o escândalo não existe, que não houve ilegalidade alguma, e que Bolsonaro poderia comercializar tranquilamente os bens recebidos enquanto era o mandatário máximo do país, incluindo o Rolex.

Por que então tanto desespero? Fica a pergunta!

Além de apontar Wajngarten como o mentor do plano de resgate do Rolex, Frederick Wassef ainda diz no depoimento que não aceitou repatriar o relógio de ouro.

Continua após a publicidade

Depois, fez nova ameaça: “acrescentou que, se [voltasse dos EUA] com o Rolex, entregaria o relógio à Receita Federal ao desembarcar”.

É ou não é a abertura de um flanco na extrema-direita, leitor?

A ver de que forma isso afetará o resultado da investigação na PF.

Continua após a publicidade

PS – Wajngarten já foi intimado a depor na condição de investigado neste caso, mas preferiu ficar em silêncio.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.