Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Marcela Rahal Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Marcela Rahal
Jornalista, repórter e apresentadora. Blog de informação e análise do cenário político nacional
Continua após publicidade

Haddad não deve ceder a pressão de Lira

Programa de Retomada do Setor de Eventos é alvo de disputa com o presidente da Câmara que defende a proposta, investigada pela Receita Federal

Por Marcela Rahal
Atualizado em 9 fev 2024, 11h49 - Publicado em 9 fev 2024, 11h49

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, não deve ceder às pressões do presidente da Câmara, Arthur Lira, para continuar com o Perse, Programa de Retomada do Setor de Eventos, criado em maio de 2021 para socorrer as empresas afetadas pela pandemia da Covid-19.

Haddad argumenta que o governo federal não pode arcar com um programa dessa natureza por R$ 17 bilhões por ano. Além disso, outro fator também chama a atenção da pasta: suposta lavagem de dinheiro que está sendo investigada pela Receita Federal. A previsão inicial era de que o programa custasse R$ 4,4 bilhões.

Na segunda-feira, 5, o presidente da Câmara mandou um duro recado ao Palácio do Planalto e cobrou o cumprimento de acordos. Lira também afirmou que não se limitará a “carimbar” as matérias do governo.

A MP da reoneração, que abrange o fim do Perse, e acaba com o benefício fiscal a 17 setores foi editada logo após o Congresso aprovar a manutenção da desoneração na folha de pagamentos. A medida foi vista como afronta por parlamentares.

Continua após a publicidade

Em reunião com líderes do Senado, Haddad, no entanto, disse que pretende retirar a reoneração a esses setores, mas manteria no texto o fim do programa para dar benefícios fiscais ao setor de eventos.

O impasse vai dar lugar à folia de Carnaval, por enquanto.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.