Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

‘Estrela’ de vários escândalos, Zambelli é alvo de nova ofensiva na Câmara

Distante de Bolsonaro desde que perseguiu um homem com uma arma, deputada colocou o mandato em risco após se envolver com hacker e com tentativa de golpe

Por Da Redação Atualizado em 9 Maio 2024, 11h16 - Publicado em 18 mar 2024, 14h35

Apontada por muitos apoiadores de Jair Bolsonaro — e até pelo próprio ex-presidente — como uma das responsáveis pela derrota na eleição presidencial em 2022 ao ser flagrada de arma em punho perseguindo um homem negro em São Paulo na véspera da votação, a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), não se cansa de estar no centro dos mais variados escândalos.

A mais nova confusão envolve a sua tentativa de ajudar a convencer os comandantes militares a aderirem a uma tentativa de golpe para impedir a posse de Lula após a vitória nas urnas. Os depoimentos colhidos na investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) colocaram Zambelli mais uma vez na mira do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, o que pode levar à cassação do seu mandato.

Na sexta-feira, 15, o PSOL decidiu aditar um procedimento já em tramitação contra a parlamentar por causa de trechos do depoimento do brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Junior, que disse que Zambelli o teria pressionado para aderir ao plano golpista. O ex-comandante da Aeronáutica disse à Polícia Federal que a deputada o procurou dizendo que ele não podia “deixar o presidente Bolsonaro na mão”. Ele afirma ter recusado a investida. “Deputada, entendi o que a senhora está falando e não admito que proponha qualquer ilegalidade”, teria dito a ela, segundo seu relato à PF.

A deputada rebateu a menção do brigadeiro ironizando-o nas redes sociais. “Eu não sabia que generais de alta patente aceitavam pressão de uma deputada de baixo clero. Nossas Forças Armadas já tiveram comandantes melhores. Triste”, escreveu no X (antigo Twitter). 

Continua após a publicidade

Hacker

O pedido do PSOL reforça outro requerimento, de agosto de 2023, que pede a cassação da parlamentar por causa da suspeita de que ela tenha financiado o hacker Walter Delgatti Neto para que ele tentasse invadir os sistemas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em uma tentativa de desacreditar o processo eleitoral que deu a vitória a Lula. No último dia 1º, a PF indiciou a deputada nessa investigação. O caso está com a Procuradoria-Geral da República (PGR), que pode ou não oferecer uma denúncia criminal.

Afastada de Bolsonaro desde o episódio da perseguição com arma em punho em São Paulo, Carla Zambelli tem visto o cerco ficar cada vez mais fechado ao seu redor. Apesar da fidelidade ao ex-presidente, a deputada nunca mais conseguiu recuperar o lugar de prestígio de antes. Na manifestação do último dia 24, quando milhares de apoiadores do ex-presidente lotaram a avenida Paulista, Zambelli acompanhou o ato no “cercadinho” do lado do trio elétrico, distante dos demais membros do PL.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.