Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho, Isabella Alonso Panho e Adriana Ferraz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Datafolha e Ipec: seis conclusões das novas pesquisas sobre o governo Lula

Levantamentos mostram que 38% dos eleitores aprovam o terceiro mandato do petista, mas uma parcela de 40% a 50% não confia no presidente

Por Adriana Ferraz 8 dez 2023, 12h41

Divulgadas na quinta-feira, 7, as mais recentes pesquisas do Datafolha e do Ipec revelam uma fotografia parecida sobre a percepção dos brasileiros em relação ao terceiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva: 38% aprovam o governo nesta reta final de 2023. As respostas obtidas pelos institutos também convergem no quesito confiabilidade e mostram que a fatia da população que não confia no petista é maior do que a que confia — 50% a 40%, respectivamente.

Veja o que mais os levantamentos mostram: 

Aprovação maior que a de Bolsonaro

Segundo pesquisa do Datafolha, Lula manteve sua avaliação estável no início de dezembro, com  38% de aprovação dos brasileiros. Outros 30% consideram seu trabalho regular — o mesmo índice de ruim ou péssimo. O instituto ouviu 2.004 eleitores em 135 cidades do Brasil nesta terça, 5. Na comparação com o primeiro ano do governo Jair Bolsonaro, o petista se sai melhor. Em 2019, o então presidente fechou o ano com 30% de aprovação.

Metade da população não confia em Lula

O Ipec mostrou que 50% dos brasileiros não têm confiança no presidente Lula nesta reta final do seu primeiro ano de governo. O índice é bem próximo dos que acreditam nele: 48%. A pesquisa foi feita entre os dias 1º e 5 de dezembro. Já o Datafolha apontou que são 40% os cidadãos que “nunca confiam no que o presidente diz”, enquanto 35% dizem que o fazem às vezes. Já a taxa de confiabilidade apontada pelo instituto é de 24%.

Reprovação de Lula é maior entre evangélicos

Mais associados a políticos conservadores, os evangélicos ouvidos pelo Datafolha têm uma avaliação mais negativa do governo. Segundo o instituto, a taxa de reprovação neste grupo é de 38%, maior que a média (de 30%), e superior também à percepção que os católicos têm da gestão. Neste grupo, a taxa de reprovação é de 28%.

Continua após a publicidade

Maioria considera que Lula fez menos do que podia

A fatia da população decepcionada com o governo aumentou de março para dezembro, segundo o Datafolha. No início do ano, 51% dos eleitores diziam que Lula tinha feito menos do que podia com presidente. Agora, esse índice é de 57%. O Ipec fez a mesma pergunta, sobre a expectativa da população, e revelou que 35% dos entrevistados consideram que o governo petista está sendo “pior do que esperavam”. Já as respostas positivas são de 16% (fez mais) e de 32% (melhor do que imaginado), respectivamente.

Otimismo sobre economia

Para 39% dos eleitores, a situação econômica do Brasil está melhor do que estava seis meses atrás, segundo pesquisa do Ipec. Outros 36% consideram que está pior e 23% acham que nada mudou. Sobre o futuro, o instituto mostrou que 45% dos brasileiros acreditam que os resultados econômicos vão melhorar,  30% acham que devem piorar e 19% não vêem possibilidades de mudança.

Maioria diz que Lula tem boas ideias

De acordo com o Ipec, 59% dos brasileiros consideram boas as ideias de Lula para o país, contra 37% que pensam o contrário. Do grupo que avalia positivamente os projetos do petista, no entanto, 27% dizem que o presidente não tem conseguido colocá-los em prática.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.