Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

José Casado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por José Casado
Informação e análise
Continua após publicidade

Consultas depois da morte, um dos mistérios da Prevent Senior

O estranho caso da mulher que médicos dizem estar morta há 17 meses mas foi atendida no mês passado, segundo disse um diretor da empresa à CPI

Por José Casado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 out 2021, 11h59 - Publicado em 1 out 2021, 08h30

Semana passada, um diretor da Prevent Senior levou à CPI da Pandemia uma lista de 636 pessoas que receberam tratamento médico-hospitalar no início da pandemia.

Pedro Benedito Batista Júnior exibiu a documentação no plenário da comissão, e indicou aos senadores: “Gostaria que vocês prestassem atenção no quinto paciente do primeiro grupo, de cima pra baixo: MCO, 70 anos, sexo feminino. O.k.?”

Acrescentou, se referindo ao grupo de médicos que denunciou à imprensa ao menos nove omissões de mortes por Covid-19 na Prevent Senior, no ano passado: “Essa paciente – MCO, 70 anos, feminino – eles colocaram como morta, mas a paciente está viva, senadores. Ela passou em consulta agora no último dia 7 de setembro conosco. O.k.?”

Na sequência, a CPI convocou a advogada dos médicos. Bruna Mendes dos Santos Morato, na última terça-feira, citou o caso, brevemente, durante as … horas de depoimento. “Eu fiz a verificação de cada um dos óbitos”, disse, “as pessoas continuam falecidas.”

Continua após a publicidade

“Eu achei muito interessante” — continuou — “o fato de o doutor Pedro Batista ter dito aqui que a paciente foi até o plano de saúde [no último 7 de setembro]. É uma situação um tanto quanto atípica, porque ela está no registro nacional de óbitos.”

A CPI termina dentro 20 dias. É tempo suficiente para desvendar o mistério de pacientes de um plano de saúde atendidos em consulta médica 17 meses depois da morte oficial.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.