Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

José Casado

Por José Casado
Informação e análise
Continua após publicidade

Bálsamo para (e)leitores inquietos com o futuro

Aos (e)leitores inquietos com o futuro, o ano eleitoral de 2022, é recomendável o mínimo de uma dose diária de Mau humor, do agora premiado Ruy Castro

Por José Casado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 29 out 2021, 17h04 - Publicado em 29 out 2021, 09h00

Ruy Castro, jornalista e escritor, foi escolhido para receber o prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras. É pelo conjunto da obra.

Seus livros e crônicas, publicadas na Folha, têm efeito de um bálsamo.

Aos (e)leitores inquietos com o futuro, o ano eleitoral de 2022, é recomendável o mínimo de uma dose diária de Mau humor — uma antologia definitiva de frases venenosas (2002), disponível na rede. O efeito é imediato, uma das características dos livros de Castro.

Exemplos garimpados na letra “U”, subtítulo “Últimas palavras”:

Registro em seu diário na véspera do dia 14 de julho de 1789:

Continua após a publicidade

“Hoje não aconteceu nada.”

— Luís XVI

Ao inventar o cinema, em 1895:

Continua após a publicidade

Esta invenção não tem o menor futuro.

— Louis Lumière

*

Dirigente do Vasco ao lhe oferecerem um jovem jogador, em 1955:

Continua após a publicidade

Pelé? Quem é Pelé? Você está brincando comigo

— Antonio Soares Calçada

*

Gerente de vendas de uma rede de lojas de discos em São Paulo, em 1958, pouco antes de quebrar o recém-lançado 78 rpm Chega de saudade, com João Gilberto: 

Continua após a publicidade

Ouçam a merda que o Rio nos manda!

*

Executivo da gravadora inglesa Decca, ao recusar o demo de um grupo chamado The Beatles, em 1962 : 

Quartetos com guitarras já estão fora de moda.

Continua após a publicidade

*

Previsão otimista da revista Popular Mechanics em 1949:

No futuro, os computadores não pesarão mais do que uma tonelada.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.