Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Maridão cauteloso

“Falo para a Marisa: ‘Não espere que eu morra sentado. Vou morrer ou em comício ou em um aeroporto’”. Lula, nesta quarta-feira, na conversa com blogueiros de estimação, prometendo que não vai mais judiar do coração em perigosos encontros com a segunda-dama Rosemary Noronha.

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 23h40 - Publicado em 21 jan 2016, 19h24

“Falo para a Marisa: ‘Não espere que eu morra sentado. Vou morrer ou em comício ou em um aeroporto’”.

Lula, nesta quarta-feira, na conversa com blogueiros de estimação, prometendo que não vai mais judiar do coração em perigosos encontros com a segunda-dama Rosemary Noronha.

Publicidade