Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Um terço dos ursos-polares pode sumir até 2050, diz pesquisa

Segundo novo estudo, a principal razão para o desaparecimento é o derretimento das calotas polares

Por Da redação
9 dez 2016, 17h00

Cerca de 30% dos 26.000 ursos-polares (Ursus maritimus) que existem na Terra podem desaparecer até 2050. Segundo estudo publicado na última edição da revista britânica Royal Society Biology Letters, a principal razão para o possível sumiço é o derretimento das calotas polares, pois o ambiente tem impacto direto na alimentação e sobrevivência desses animais.

Para chegar ao porcentual, a equipe de cientistas composta pela área de mamíferos marinhos do Serviço Americano de Pesca e Vida Selvagem (U. S. Fish and Wildlife Service) e por pesquisadores de países como o Canadá e a Noruega, observaram o tamanho das calotas polares nos últimos 35 anos. Em seguida, cruzaram esses dados com informações sobre as variações nas populações de dezenove grupos de ursos polares espalhados pelo Ártico.

A intersecção dos números permitiu a projeção dos possíveis cenários da população de ursos até a metade do século XXI – de acordo com as probabilidades, há 70% de chances de um terço da espécie desaparecer nos próximos 35 anos.

Continua após a publicidade

Mudanças climáticas

O urso-polar está na lista vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) desde 1982. O animal é listado como “vulnerável”, pois o órgão considera que a espécie tem risco elevado de extinção.

As mudanças climáticas têm provocado o derretimento de placas de gelo no e, consequentemente, o habitat dos animais têm diminuído, segundo o resultado final dos cientistas. Nesta semana, cientistas afirmaram que o gelo marítimo nos arredores da Antártica e no Ártico atingiu baixas recordes e encolheu duas vezes o tamanho do Alasca ou aproximadamente o tamanho da Índia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.