Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Pirâmide de vizir de Ramsés II é encontrada em Luxor

Com 15 metros de altura, a construção foi danificada nos séculos VII e VIII, quando foi transformada em capela copta

Por Da Redação Atualizado em 6 Maio 2016, 16h22 - Publicado em 21 fev 2013, 21h31

Uma pirâmide de mais de 3.000 anos de um vizir (conselheiro) do faraó Ramsés II foi encontrada em Luxor, no sul do Egito, informaram nesta quinta-feira autoridades egípcias. Os restos da pirâmide, que media mais de 15 metros de altura e 12 metros de comprimento, foram encontrados por uma missão conjunta de duas universidades belgas, a Universidade Livre de Bruxelas e a Universidade de Liège, disse o secretário de Estado egípcio para as Antiguidades, Mohamed Ibrahim.

Segundo comunicado da missão, o monumento pertence a um vizir chamado Jay, que exerceu o cargo equivalente ao de um primeiro-ministro durante quinze anos sob o reino do faraó Ramsés II. Nos séculos VII e VIII de nossa era, a construção foi em grande parte desfigurada ao ser transformada em uma capela copta. “Trata-se de uma descoberta de grande importância, já que o vizir Jay é conhecido pelos estudiosos do Egito através de muitos documentos”, afirma o comunicado.

Luxor (a antiga Tebas) tem muitos tesouros arqueológicos, como os templos de Karnak e Luxor. Geralmente muito frequentado pelos turistas, o local foi muito afetado pela instabilidade que se seguiu à queda, em fevereiro de 2011, do regime de Hosni Mubarak.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade