Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Na pandemia, mulheres perderam US$ 800 bilhões em renda no mundo

Novo levantamento reforça estudos que apontavam o segmento como um dos mais afetados pelos efeitos econômicos da Covid-19

Por Sabrina Brito
Atualizado em 30 abr 2021, 14h22 - Publicado em 30 abr 2021, 14h15

Após mais de um ano de pandemia, é bastante claro que os efeitos da Covid-19 se estendem para muito além do âmbito da saúde. Economicamente falando, o FMI estimou em quase 30 trilhões de dólares o dano causado pela pandemia. Ao que tudo indica, nesse sentido, um grupo foi mais afetado do que os demais: as mulheres.

Um novo relatório da ONG Oxfam International revelou que o prejuízo das mulheres em todo o mundo chegou à casa dos 800 bilhões de dólares (quase 4,5 trilhões de reais) em perda de renda. O valor é equivalente à soma do PIB de 98 países.

Outros estudos já haviam apontado que as mulheres foram especialmente afetadas por questões como o desemprego no ano de 2020. Globalmente, 64 milhões de mulheres perderam o emprego no ano passado, representando 5% do total de cargos detidos pelo sexo feminino. Para homens, essa taxa foi de 3,9%.

A ideia por trás do maior impacto registrado pelas mulheres é de que elas compõem a maior parte dos trabalhadores de setores que oferecem baixos salários, poucos benefícios e menos segurança trabalhista, tornando-as mais vulneráveis a situações de crise como a atual.

É importante ressaltar que, mesmo antes da pandemia, a situação das mulheres não era exatamente primorosa: pelo mundo, elas ganham apenas 77% do salário pago a homens, segundo as Nações Unidas. Com o efeito da pandemia, espera-se que essa desigualdade se torne ainda mais intensa.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.