Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homens com muita testosterona preferem pratos picantes, diz estudo

Pesquisa francesa demonstra a relação entre o condimento e a presença desse hormônio relacionado à tomada de riscos

Os homens com um nível alto de testosterona preferem os pratos picantes, mostrou um estudo francês publicado na versão online da revista Physiology and Behavior.

A pesquisa foi feita com 114 homens de 18 a 44 anos que vivem em Grenoble, na França. Os autores mediram os níveis de testosterona dos voluntários, que receberam em seguida um pouco de purê de batata para temperarem com sal e molho de pimenta a gosto.

Os resultados demonstraram uma correlação entre o nível de testosterona dos participantes e a quantidade de pimenta que colocavam no prato: quanto mais testosterona eles tinham, mais pimenta adicionavam na comida. Essa relação, porém, não se manifestou com o sal.

“Estes resultados corroboram outros estudos, que demonstram a relação entre a tomada de riscos financeiros, sexuais e comportamentais e a testosterona. Nesse caso, a relação se aplica à tomada de riscos gustativos”, explicou Laurent Bègue, um dos autores da pesquisa e professor de psicologia social da Universidade Pierre-Mendès-France, de Grenoble.

Leia também:

Pesquisa explica por que muita testosterona enfraquece o sistema imunológico

Estudo indica que injeções de testosterona podem ajudar homens a perder peso

Segundo Bègue, esse hormônio incita a se relacionar com “grupos sociais mais estimulantes e, consequentemente, a assumir mais riscos em domínios diferentes”. “Também é possível que o consumo regular de alimentos picantes contribua para aumentar o nível de testosterona, embora até agora isso só tenha sido demonstrado em roedores”, afirmou o pesquisador.

(Com Agência France-Presse)