Clique e assine a partir de 9,90/mês

Homens com muita testosterona preferem pratos picantes, diz estudo

Pesquisa francesa demonstra a relação entre o condimento e a presença desse hormônio relacionado à tomada de riscos

Por Da Redação - Atualizado em 6 maio 2016, 16h07 - Publicado em 15 dez 2014, 12h30

Os homens com um nível alto de testosterona preferem os pratos picantes, mostrou um estudo francês publicado na versão online da revista Physiology and Behavior.

A pesquisa foi feita com 114 homens de 18 a 44 anos que vivem em Grenoble, na França. Os autores mediram os níveis de testosterona dos voluntários, que receberam em seguida um pouco de purê de batata para temperarem com sal e molho de pimenta a gosto.

Os resultados demonstraram uma correlação entre o nível de testosterona dos participantes e a quantidade de pimenta que colocavam no prato: quanto mais testosterona eles tinham, mais pimenta adicionavam na comida. Essa relação, porém, não se manifestou com o sal.

“Estes resultados corroboram outros estudos, que demonstram a relação entre a tomada de riscos financeiros, sexuais e comportamentais e a testosterona. Nesse caso, a relação se aplica à tomada de riscos gustativos”, explicou Laurent Bègue, um dos autores da pesquisa e professor de psicologia social da Universidade Pierre-Mendès-France, de Grenoble.

Continua após a publicidade

Leia também:

Pesquisa explica por que muita testosterona enfraquece o sistema imunológico

Estudo indica que injeções de testosterona podem ajudar homens a perder peso

Segundo Bègue, esse hormônio incita a se relacionar com “grupos sociais mais estimulantes e, consequentemente, a assumir mais riscos em domínios diferentes”. “Também é possível que o consumo regular de alimentos picantes contribua para aumentar o nível de testosterona, embora até agora isso só tenha sido demonstrado em roedores”, afirmou o pesquisador.

Continua após a publicidade

(Com Agência France-Presse)

Publicidade