Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Astronauta americano com recorde de idas ao espaço se aposenta

O astronauta da NASA com mais horas de idas ao espaço e com recorde de permanência em uma missão espacial, se aposentou, informou nesta segunda-feira a agência espacial americana.

Michael López-Alegría, de 53 anos, voou em três missões do transbordador espacial e passou sete meses a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) como comandante da missão Expedição 14 no período 2006-2007, onde chegou a bordo de um foguete russo Soyuz.

A missão de 215 dias, a mais ampla no espaço de um americano, representa uma parcela significativa de seu total de 257 dias no espaço, disse a NASA.

López-Alegria registrou mais de 67 horas no espaço durante 10 idas, mais que qualquer outro americano, o que o coloca em segundo lugar no mundo depois do cosmonauta russo Anatoly Soloviev, detentor do recorde.

Ele também foi diretor de operações da NASA no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin em Star City, Rússia, onde liderou a formação dos astronautas americanos com destino à estação espacial russa Mir e à ISS.

“Mike foi um grande ativo para o escritório de astronautas no decorrer de sua carreira”, disse Peggy Whitson, chefe do Escritório de Astronautas do Centro Espacial Johnson, em Houston, Texas (sul dos Estados Unidos).

López-Alegría nasceu em Madri, Espanha, e cresceu na Califórnia (oeste dos Estados Unidos). Obteve títulos de pós-graduação em engenharia aeronáutica na Escola Naval de Pós-graduados dos Estados Unidos e na Universidade de Harvard, e fala russo, francês e espanhol.

Com o fim do programa do ônibus espacial depois de mais de 30 anos de serviço no ano passado, o quadro de astronautas dos Estados Unidos foi reduzido para cerca de 60, bem abaixo do máximo de 150 durante a era do transbordador e a construção da ISS.