Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

2016 deve marcar 3º recorde consecutivo como ano mais quente

Nesse ritmo, dos 17 anos mais quentes do registro histórico, 16 terão ocorrido neste século (1998 foi o outro ano).

Por Da redação Atualizado em 14 nov 2016, 15h20 - Publicado em 14 nov 2016, 14h59

2016 deve marcar o terceiro recorde consecutivo de ano mais quente do registro histórico, segundo alerta da Organização Meteorológica Mundial, ligada às Nações Unidas, feito na 22.ª Conferência do Clima, que vai até o final da semana em Marrakesh (Marrocos).

Segundo a entidade, apenas de janeiro a setembro a temperatura do planeta foi 0,88°C maior que a média observada no período de 1961 a 1990, usado como base de referência. Salvo uma abrupta mudança a partir de outubro (o que não tem sido observado), 2016 chegará ao fim marcando 1,2°C acima do nível histórico.

 

O aumento de temperatura em 2016 foi favorecido pelo El Niño, fenômeno que atingiu o planeta mais fortemente no ano passado, mas que continuou produzindo efeitos nos primeiros meses de 2016. De acordo com os cientistas, porém, não se pode culpar apenas o El Niño pelo aquecimento. “O calor extra fornecido pelo poderoso El Niño desapareceu, mas o calor do aquecimento global continua”, disse Petteri Taalas, secretário-geral da OMM.

A curva de crescimento da temperatura se tornou mais visível a partir dos anos 2000. Nesse ritmo, dos 17 anos mais quentes do registro histórico, 16 terão ocorrido neste século (1998 foi o outro ano).

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)