Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

PT comemora calote grego

Por Da Redação 6 jul 2015, 15h11

Enquanto a presidente Dilma Rousseff tenta implementar um ajuste fiscal para remediar o excesso de gastos implementado pelo PT desde que chegou ao poder – e praticado por ela mesma -, o partido continua a defender o calote como um caminho viável para o desenvolvimento econômico. Nesta segunda-feira, o PT emitiu uma nota parabenizando a Grécia pela vitória do “não” no plebiscito sobre o acordo com o Banco Central Europeu. O texto é assinado pelo presidente da sigla, Rui Falcão. “A vitória do povo grego (…) pode ser considerada também como um triunfo dos povos valentes da América Latina e uma viva demonstração de que é possível resistir às pressões das políticas neoliberais e negociar em condições mais vantajosas aos trabalhadores e camadas populares de seus países”. Curiosamente, o plano proposto pelo Banco Central Europeu e pelo Fundo Monetário Internacional para salvar a Grécia incluía o corte de benefícios sociais e aumento de impostos. Como o ajuste fiscal de Dilma. (Gabriel Castro, de Brasília)

Publicidade