Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia tem agora só uma hipótese para morte de Marielle: execução

Vereadora do PSOL foi morta a tiros no centro do Rio de Janeiro juntamente com seu motorista na noite desta quarta; ela criticava policiais e a intervenção

A polícia do Rio de Janeiro passou a trabalhar com uma única hipótese para o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL): execução. Não está claro, ainda, no entanto quem teria ordenado o crime. A parlamentar e o motorista Anderson Pedro Gomes foram mortos a tiros tiros na noite desta quarta-feira, 14, no centro da cidade. A assessora Fernanda Chaves, que estava junto, ficou ferida por estilhaços, mas  já foi socorrida e liberada.

Marielle voltava de uma evento em que foi discutido o aumento da violência contra contra mulheres negras. Por volta das 21h30, um carro se aproximou do veículo da vereadora na Rua Joaquim Palhares. Nesse momento foram feitos os disparos: quatro deles atingiram Marielle na cabeça, que estava no banco de trás; o motorista levou outros três tiros nas costas. A polícia localizou nove cápsulas de bala e suspeita que os criminosos seguiram o automóvel das vítimas, que tem vidros escuros. Os bandidos fugiram sem levar nada.

Localização onde o carro parou após ser alvejado

Ativa nas redes sociais, a vereadora costumava postar mensagens de apoio ao movimento negro e aos direitos da mulheres e críticas ao governo de Michel Temer (MDB), à intervenção federal no estado e à atuação da polícia. No último sábado, Marielle protestou contra uma operação da Polícia Militar na Favela de Acari.

“O 41° Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro está aterrorizando e violentando moradores de Acari. Nessa semana dois jovens foram mortos e jogados em um valão. Hoje a polícia andou pelas ruas ameaçando os moradores. Acontece desde sempre e com a intervenção ficou ainda pior”, escreveu na postagem.

Em outra postagem, na terça-feira (13) ela ligou a Polícia Militar à morte do jovem Matheus Melo, baleado na terça na favela do Jacarezinho ao sair da igreja, em caso ainda sem solução. “Mais um que pode estar entrando para a conta de homicídios da polícia. Quantos jovens precisarão morrer para que essa guerra aos pobres acabe?”, disse.

Atuação da PF

Ainda na noite de ontem, o secretário de estado da Segurança Pública, general Richard Nunes, determinou à Divisão de Homicídios uma ampla investigação sobre os assassinatos. A nota divulgada pela secretaria afirma que, desde os primeiros momentos, o secretário acompanha as investigações com o chefe de Polícia Civil, Rivaldo Barbosa.

A Presidência da República divulgou nota à imprensa para informar que “o governo federal acompanhará toda a apuração do assassinato”. O documento diz ainda que o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, falou com o interventor federal no estado, general Walter Braga Netto, e colocou a Polícia Federal à disposição para auxiliar na investigação.

Quem é

Marielle foi a quinta vereadora mais votada nas últimas eleições para a Câmara Municipal, com 46.502 votos. Formada em sociologia pela PUC-Rio, ela tinha mestrado em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Sua dissertação teve como tema “UPP: a redução da favela a três letras”. Marielle também coordenou a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), ao lado do deputado estadual Marcelo Freixo, também do PSOL.

(com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    É lamentável a morte da vereadora Marielle , esperamos que as autoridades cheguem logo aos criminosos responsáveis por mais essa barbaridade .

    Curtir

  2. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Que hipocrisia do PSOL e das esquerdas! Milhares de mortos no RJ no desgoverno do PT e o PSOL não falava nada, dezenas de famintos e mortos pelo ditador Maduro o qual eles apoiam e estes não falam nada.

    Curtir

  3. news da hora

    Infelizmente os desgovernos de Lula , Dilma e do parceiro Cabral criou monstros por todo o Brasil , e principalmente no Rio de Janeiro .

    Curtir

  4. news da hora

    Lula e Dilma são os maiores responsáveis por abrirem as fronteiras para os amigos Bolivarianos , Chaves , Maduro , Evo , Farcs e cias para trazerem drogas e armas de guerras para as facções Brasileiras .

    Curtir

  5. news da hora

    Por causa desta irresponsabilidade de Lula , Dilma e seus aliados , milhares de crianças e jovens foram recrutados pelas facções criminosas por todo o Brasil . Tiveram os seus destinos mudados e milhares morreram e morrem todos os dias .

    Curtir

  6. É lamentavel a morte dessa moça. Lamentável também é defender estes monstros que tiram a vida de milhares de pessoas todos os dias pelo país. A dor e revolta que os entes dela estao sentido neste momento é a mesma que milhares de outras familias sentem diariamente por algum ente seu ter sua vida ceifada por uma das “vitimas da sociedade” que ela tanto defendia.

    Curtir

  7. Marcos Santos

    Toda vida perdida para a violência merece esclarecimento e investigação, mas quando ela atinge uma figura notável e importante para a causa dos direitos humanos atinge a todos, não somente os cariocas mas toda uma nação. Um quadro político extremamente ativo como esse demora anos para se estabelecer. Muito triste, sem papo de esquerda ou direita, trata-se de uma perda irreparável e profundamente lamentável.

    Curtir