Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ex-tesoureiro do PT alvo da Custo Brasil se entrega à Justiça

Paulo Ferreira foi alvo de mandado de prisão preventiva na operação que investiga desvios em empréstimos consignados de servidores do Ministério do Planejamento

Por João Pedroso de Campos Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
24 jun 2016, 17h20

O ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira se entregou à Justiça Federal nesta sexta-feira. Antecessor do notório João Vaccari Neto na tesouraria da legenda, Ferreira era alvo de um mandato de prisão preventiva expedido pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Federal de São Paulo, na Operação Custo Brasil, desdobramento da Operação Lava Jato, deflagrada ontem.

Ferreira chegou por volta das 15h à sede da Justiça Federal na capital paulista, onde depôs por cerca de 50 minutos. Ele é suspeito de participar da negociação e receber propina do contrato firmado em 2010 pelo Ministério do Planejamento com a empresa Consist, que serviu como canal para que a quadrilha investigada na Custo Brasil desviasse 100 milhões de reais de empréstimos consignados de servidores da pasta, então comandada pelo ex-ministro Paulo Bernardo, preso ontem na operação.

LEIA TAMBÉM:

‘PB’: o petista ‘boa gente’ que comandava a propina

Continua após a publicidade

Como o esquema de ‘PB’ abastecia o caixa dois do PT

Parte do dinheiro foi destinada ao caixa dois do PT, cujas finanças Paulo Ferreira controlou entre 2005 e 2010. A operação envolvia inicialmente a empresa de fachada CRLS Consultoria e Eventos, depois a PolitecTecnologia da Informação, e, por fim, a Jamp Engenharia, do lobista Milton Pascowitch.

Um dos argumentos que baseiam o pedido de prisão de Ferreira é que ele teria tentado “interferir” no depoimento de Pascowitch à força-tarefa da Lava Jato, “afinando [com ele] o discurso”, o que caracteriza tentativa de obstrução das investigações.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.