Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em Brumadinho, Zema anuncia pagamento de dívida de MG com a cidade

Governador do estado afirma que repasse de impostos atrasados deve ser de 10 a 15 milhões de reais

Por Da redação 2 fev 2019, 14h31

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, esteve neste sábado, 2, em Brumadinho, onde anunciou algumas medidas para agilizar o apoio às vítimas do rompimento da barragem e à cidade.

Zema disse que priorizará a quitação de parcelas atrasadas do repasse de impostos à cidade, deixadas pelo governo anterior.

“Pelo porte da cidade será coisa aí da ordem de 10 a 15 milhões de reais que estejam atrasados”, assegurou. “Quando diz respeito à emergência, a uma catástrofe, você tem que colocar isso como prioridade”.

  • A respeito da ajuda vinda de outros estados, o governador negou que o estado teria recusado auxílio oferecido durante os trabalhos de busca em Brumadinho. 

    Zema chegou à cidade por volta das 9h de hoje. O governador sobrevoou a área atingida pela lama e depois se dirigiu à região do Parque da Cachoeira, onde conversou com famílias de vítimas da tragédia e se reuniu com os coordenadores das forças que atuam nos resgates.

    Esta é a terceira vez que o governador visita o local após o rompimento da barragem de rejeitos na cidade há nove dias.

    Segundo números atualizados da Defesa Civil, 121 pessoas morreram no desastre. O número de desaparecidos está em 226. Já foram identificados 93 corpos e 395 pessoas foram resgatadas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade