Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

“Chegamos ao limite. Não tem mais conversa”, diz Bolsonaro em manifestação

Presidente saúda manifestação em seu favor, que reuniu críticos do STF, do presidente da Câmara e do ex-ministro Sergio Moro

Por Hugo Marques Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 3 Maio 2020, 15h18 - Publicado em 3 Maio 2020, 13h48

Desrespeitando todas as orientações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde, o presidente Jair Bolsonaro desceu neste domingo, 3, a rampa do Palácio do Planalto sem máscara para cumprimentar pessoas que fizeram participaram de uma manifestação em seu favor na Esplanada dos Ministérios. Os apoiadores protestavam contra os ministros do Supremo Tribunal Federal, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, que saiu do governo denunciando a interferência política de Bolsonaro na Polícia Federal.

Em uma declaração na rampa do Palácio, que foi transmitida pela sua rede social, Bolsonaro afirmou que as Forças Armadas estão ao lado do povo, pela lei e pela ordem. Além disso, afirmou que “não haverá mais interferências no governo”. A declaração soou como uma ameaça aos outros poderes. “Peço a Deus que não tenhamos problema nesta semana. Chegamos ao limite. Não tem mais conversa. Daqui pra frente não só exigiremos, faremos cumprir a Constituição. Ela será cumprida a qualquer preço”, disse o presidente.

Bolsonaro deixou o Alvorada e foi ao Palácio do Planalto no momento em que os manifestantes faziam uma grande concentração em frente ao Palácio do Planalto, portando bandeiras e faixas em apoio ao presidente e contra o STF, Moro e Maia. Os manifestantes realizam também desde a manhã em Brasília uma carreata em favor do presidente Jair Bolsonaro, com críticas ao ex-ministro Sergio Moro, aos ministros do Supremo Tribunal Federal e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Na contramão das recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS), a carreata provocou diversas aglomerações na Esplanada dos Ministérios, com muita gente sem máscara e sem os cuidados para evitar a contaminação pelo coronavírus.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.