Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Campos e Geraldo Julio cancelam camarotes de Carnaval

Para evitar protestos contra gastos públicos, governo estadual e prefeitura transformam espaços privativos para convidados em postos para PM e Bombeiros

A menos de uma semana do Carnaval, o governo de Pernambuco e a prefeitura do Recife cancelaram os camarotes oficiais previstos para os principais blocos de rua da capital pernambucana. Governo e prefeitura não terão, neste ano, espaços privativos para convidados na passagem do Galo da Madrugada e do Armazém 12 – tradicionais blocos carnavalescos da cidade pernambucana. Nos bastidores, a decisão visa a amenizar temores de protestos contra gastos públicos na festa.

Em nota divulgada no site do governo estadual e da prefeitura, integrantes da cúpula justificaram a decisão do governador Eduardo Campos (PSB) e do prefeito Geraldo Julio (PSB). Segundo o secretário estadual de Cultura, Marcelo Canuto, Campos já havia desistido de montar uma estrutura VIP na Torre Malakoff e agora seguiu a decisão de Julio.

“Após a decisão do prefeito Geraldo Julio de acabar com os camarotes, o governador Eduardo Campos decidiu cancelar também o seu espaço no Galo da Madrugada”, disse.

O prefeito do Recife também cancelou o investimento de recursos da prefeitura na Fifa Fan Fest, evento oficial da Copa do Mundo que deve ser realizado em cada cidade-sede. “Da mesma forma que decidiu não investir na Fan Fest, o prefeito optou por não oferecer os receptivos este ano”, disse o secretário de Turismo e Lazer do Recife, Felipe Carreras.

Leia também:

Fifa ameaça processar Recife por desistir de Fan Fest

Segundo o governo, os espaços dos camarotes serão transformados em postos de controle, segurança e resgate médico. Outros dois camarotes na Avenida Dantas Barreto serão repassados à diretoria do bloco Galo da Madrugada. A agremiação deverá bancar os custos e vender entradas ao público.