Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câmeras de segurança desvendam episódio, diz Polícia

Imagens mostram movimentação do casal na noite do desaparecimento de Marcos Matsunaga. Eliza teria levado corpo em malas

As imagens do circuito interno do edifício onde o casal Matsunaga morava, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo, divulgadas pela Polícia na noite desta quarta feira, foram decisivas para a definição da linha de investigação que aponta o assassino do empresário Marcos Matsunaga: Elize Matsunaga, sua mulher. Os vídeos mostram a sequência de acontecimentos que demonstram que o empresário não saiu com vida do apartamento no dia 20 de maio. Continue a ler a reportagem

Assista às imagens dos últimos momentos do empresário e da saída de sua mulher

As imagens mostram o casal chegando ao prédio no sábado, por volta das 18h30, acompanhado da babá e da filha do casal, nos braços de Elize. Segundo a Polícia, a babá é dispensada logo em seguida, mas essas imagens não foram divulgadas até agora.

Em seguida, por volta das 19h30, Matsunaga desce sozinho pelo elevador para buscar uma pizza no andar térreo. Ele aparece falando ao telefone – com o pai, segundo a Polícia. Minutos depois, o empresário retorna ao apartamento levando a pizza nas mãos. São as últimas imagens do empresário com vida.

Às 5 horas da manhã de domingo, dia 20, outra babá chega ao edifício. Elize sai do apartamento por volta das 11h30 da manhã, vestida com uma jaqueta vermelha, e com três malas de rodinhas: segundo o depoimento que prestou à Polícia, ali, estava o corpo esquartejado de Matsunaga. Elize retorna ao edifício com a mesma roupa cerca de 12 horas depois. Desta vez, ela está sem as malas.

Leia também:

Viúva participa de reconstituição do crime

Por que amor, ciúme e morte andam juntos na crônica policial