Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ANAC suspende venda de passagens da TAM

Medida é punição à empresa por causa de atrasos e cancelamentos de voos

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) anunciou nesta segunda-feira que a venda de bilhetes da companhia aérea TAM com decolagem prevista até esta sexta foi suspensa para todo o país. A medida é uma punição à empresa por causa dos atrasos e cancelamentos de voos desde sábado, considerados acima da média. A Anac também informou que está fazendo uma auditoria na TAM para verificar dados da tripulação e, enquanto a apuração acontece, os pedidos de acréscimos de voos na malha da empresa também estão suspensos.

De acordo com a agência, nos últimos quatro meses as escalas das tripulações enviadas por todas as companhias estão sendo observadas. Na auditoria, inspetores irão verificar se os dados enviados pela TAM correspondem à realidade, já que não havia indícios anteriores de que poderia haver problemas de escala. Em notas divulgadas no domingo e nesta segunda, a empresa atribuiu os atrasos deste fim de semana às chuvas que caíram no Sudeste na noite de quinta-feira, o que teria prejudicado o tráfego aéreo nos aeroportos de São Paulo e do Rio de Janeiro. Ainda segundo a companhia, 13 voos foram transferidos para outros aeroportos, prejudicando a malha aérea e a escala da tripulação.

Na nota divulgada nesta segunda, a TAM afirma que “vem empenhando seus melhores esforços para normalizar a situação o mais breve possível, colocando inclusive aviões maiores – que fazem as rotas internacionais – para voar para destinos nacionais”. A companhia pede desculpas pelos transtornos e garante que os passageiros estão sendo acomodados em voos até de outras empresas, de acordo com a disponibilidade de assentos. A TAM completa dizendo que oferece a opção de transporte terrestre aos passageiros, “nos casos em que essa alternativa é viável” e “aos passageiros em trânsito, a companhia oferece alimentação e, se necessário, hospedagem”.