Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

A ‘doce vingança’ de Danilo Gentili contra o bolsonarismo

Humorista condena fala do presidente sobre episódio com meninas venezuelanas e lembra de quando foi alvo de críticas por causa de um filme

Por Gustavo Silva
Atualizado em 20 out 2022, 10h49 - Publicado em 16 out 2022, 18h34

Antes apoiador do presidente Jair Bolsonaro, o apresentador do The Noite, do SBT, Danilo Gentili virou alvo de críticas após polêmica com o filme Como se Tornar o Pior Aluno da Escola, de 2017, que foi recebido, primeiramente, com bons olhos pelos então aliados bolsonaristas. No entanto, após o longa ter sido liberado na plataforma Netflix neste ano, Gentili foi acusado de fazer apologia à pedofilia, por causa de uma cena do filme — o que rendeu críticas inclusive do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP).

Agora que o presidente Jair Bolsonaro está no centro de uma polêmica por causa de uma fala a respeito de adolescentes venezuelanas de 14 anos, na qual o mandatário teria dito que “pintou um clima” ao encontrá-las nos arredores de Brasília durante um passeio de moto, o humorista foi ao perfil do Twitter para uma “vingança”. “Os mesmos que mandaram me demitir acham normal um presidente saber da existência de um ponto de prostituição infantil e não tomar nenhuma providência contra isso”, condenou Gentili em um post lançado na tarde deste domingo, 16. 

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.