Clique e assine com até 92% de desconto
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘Teto Para Dois’: comédia sobre a louca vida privada de um casal millenial

Tida como a "nova Jojo Moyes", a americana Beth O'Leary fala, em seu primeiro livro, de jovens que decidem dividir a mesma cama - e não para fazer aquilo

Por Eduardo F. Filho 25 set 2019, 17h42
Capa do livro: "Teto Para Dois"
Capa do livro: “Teto Para Dois” //Reprodução

(Tradução de Carolina Selvatici; Intrínseca; 394 páginas; 49,90 reais e 34,90 reais na versão digital)

Já imaginou ter de dividir sua cama por dinheiro com uma pessoa que você nunca viu ? E não por algum tipo de, digamos, agenciamento sexual: é para ganhar uns míseros trocados mesmo. A ideia é, sem dúvida, estapafúrdia – mas, em seu romance de estreia, a americana Beth O’Leary extrai dela o mote para uma comédia que une romantismo e nonsense com incrível índice de acerto. Leon é um rapaz “durango” que trabalha durante a noite como enfermeiro. Desesperado por dinheiro, ele decide ofertar para aluguel o único atrativo de que dispõe em casa – sim, sua cama. E eis que aparece uma doidinha capaz de topar a proposta. Ela se chama Tiffy, e é editora de livros na linha “faça você mesmo” – obras que se propõem a ensinar como produzir artesanalmente desde roupas de tricô até doces. Cansada de morar com seu ex, Tiffy aluga o quarto de Leon. Vivendo a vida em fusos opostos, os dois nunca se encontram pessoalmente, mas têm altas “discussões de relação” por meio de bilhetinhos escritos em post-its. Os protagonistas de Teto para Dois encaram, enfim, o pior dos mundos: têm de se estressar com as picuinhas típicas da vida de um casal, sem formarem um de fato – nem ao menos irem para a cama juntos. Tida como “a nova Jojo Moyes” (autora da trilogia de sucesso “Como Eu Era Antes de Você”), Beth O´Leary satiriza as estranhas formas de relacionamento entre os jovens millenials.

Publicidade