Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Franz Ferdinand volta à pista de dança com novo disco

Banda tenta recuperar espaço perdido no cenário indie com álbum ‘Always Ascending’

Por Raquel Carneiro 17 fev 2018, 06h00

Falar de Franz Ferdinand é relembrar o indefectível single Take Me Out, de 2004, até hoje o principal sucesso do grupo e um marco que deu início ao que se conhece hoje do cenário indie. Desde então, a banda passou por altos e baixos, sendo o grande soco no estômago a saída do guitarrista, tecladista e fundador Nick McCarthy, em 2016.

A incerteza sobre o futuro terminou esta semana com o lançamento do quinto álbum dos escoceses, Always Ascending, que recupera o passado alegre e dançante do grupo, sem deixar de mostrar o amadurecimento das batidas melódicas apoiadas em sintetizadores eletrônicos sedutores.

A faixa título é um dos destaques da coleção de dez músicas entoadas por Alex Kapranos e seu charme à la David Bowie. O nome Always Ascending é uma referência a uma técnica sonora em que o clímax musical parece estar sempre em ascensão, sem nunca cair – ideia fácil de ser assimilada ao ouvir a canção. Também chamam a atenção Paper Cages, Lazy Boy, Feel the Love GoFinally, Glimpse of Love, The Academy Awards e Lois Lane.

Continua após a publicidade
Publicidade