Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Ronaldo: revivendo e vivendo problemas

O ex-atleta pronunciou-se nos últimos dias sobre dois dissabores do passado

Por Cleo Guimarães Atualizado em 28 Maio 2021, 11h16 - Publicado em 28 Maio 2021, 06h00

Em um rompante de sinceridade, o ex-jogador Ronaldo Nazário, 44 anos, pronunciou-se nos últimos dias sobre dois dissabores do passado. Um, o envolvimento com travestis em 2008. “Um momento muito difícil, com certeza ligado ao álcool”, disse. Outro, o golpe que levou do médium assediador João de Deus, que em 2018 lhe vendeu, por 80 000 reais, uma pedra “prima da esmeralda”. Talvez os comentários sejam uma distração de seu dissabor-mor atualmente: o time espanhol Valladolid, do qual é dono e presidente. Ficou doze jogos seguidos sem vitórias nas últimas rodadas, ganhou apenas cinco das 38 partidas disputadas e acabou rebaixado. Apesar de tudo, o jogador que virou cartola é categórico: dali não sai. “Prometo que voltaremos à primeira divisão ainda mais fortes”, diz. A ver.

Publicado em VEJA de 02 de junho de 2021, edição nº 2740

Publicidade