Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Malala Yousafzai: virando adulta

Na capa da Vogue britânica, a paquistanesa aparece maquiada e vestindo Stella McCartney

Por Cleo Guimarães Atualizado em 11 jun 2021, 12h41 - Publicado em 11 jun 2021, 06h00
Malala Yousafzai -
Malala Yousafzai – //Reprodução

A menina prodígio cresceu. Aos 23 anos, a paquistanesa Malala Yousafzai, ativista do direito à educação que circula entre presidentes e artistas, já discursou na ONU e ganhou um prêmio Nobel, mostra a face adulta na capa da Vogue britânica, maquiada e vestindo Stella McCartney — uma longa jornada desde que aos 15 anos, vivendo em uma região dominada pelo Talibã e desafiando a proibição de meninas frequentarem a escola, levou um tiro na cabeça e sobreviveu por milagre. Recém-formada em política, filosofia e economia na Universidade de Oxford, Malala lembra com carinho dos tempos de faculdade: “Tudo me deslumbrava — ir ao McDonald’s, jogar pôquer com os amigos, assistir a palestras”. Durante a quarentena, na casa dos pais em Birmingham, Inglaterra, angustiou-se com o que ia fazer da vida e acabou se rendendo ao streaming: assinou contrato com a Apple TV+ para produzir uma série de programas, com estreia prevista para o ano que vem.

Publicado em VEJA de 16 de junho de 2021, edição nº 2742

Publicidade