Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

A reação de Fafá de Belém ao ‘Fora Bolsonaro’, coro que interrompeu show

Cantora disse, às gargalhadas, que vai preparar prato com ingrediente venenoso para o presidente

Por Cleo Guimarães Atualizado em 14 out 2021, 11h02 - Publicado em 13 out 2021, 11h54

Musa do movimento Diretas Já, Fafá de Belém fez um desabafo – e uma piada – logo depois de ter seu show interrompido pelo coro de “Fora Bolsonaro!”, dias atrás, no Theatro da Paz, na capital paraense. Fafá disse o seguinte, já emendando numa gargalhada: “Vou fazer uma maniçoba. Mas nessa, vou cozinhar a maniva por três dias para dar ao presidente”.  Maniçoba é um prato tradicional da culinária paraense – no entanto, a maniva, folha moída da mandioca, tem de ser cozida por sete dias. Se consumida antes disso, ela pode ser fatal. O gracejo da “maniva de três dias” é quase um meme entre os paraenses.

Em seu discurso pós-protesto da plateia, a cantora também defendeu a causa indígena – e o oportunismo de alguns políticos (ela não citou nomes) ao abordar a questão. “A gente que vive aqui, sempre vê alguém falando que a Amazônia é do índio, porque isso dá Ibope. Mas sabemos dos nossos problemas, nossas mazelas, das comunidades indígenas, do povo ribeirinho. Tem gente que não sabe a diferença entre o igapó e o igarapé, e levanta a bandeira para se dar bem”.

O show fez parte da programação da Varanda de Nazaré, uma série de eventos durante o Círio de Nazaré, criado há 11 anos por Fafá.

Publicidade