Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Cuidado: assassina magoada com Lady Gaga

Patrizia Reggiani, italiana que passou dezessete anos na prisão, se indispõe com a cantora

Por Cleo Guimarães Atualizado em 19 mar 2021, 08h53 - Publicado em 19 mar 2021, 06h00

Em pleno processo de transmutação da música para o cinema, Lady Gaga, 34 anos, anda levando sustos. Primeiro, o passeador de seus cachorros foi baleado na rua e seus dois buldogues franceses foram sequestrados — para ser misteriosamente devolvidos dias depois, incólumes, em uma delegacia. Agora é Patrizia Reggiani, italiana que passou dezessete anos na prisão por assassinato, que se indispõe contra ela. Em House of Gucci, filme dirigido por Ridley Scott e com lançamento previsto para este ano, a cantora e atriz viverá a esfuziante e gastadeira mulher de Maurizio Gucci, herdeiro da grife de luxo italiana de quem ela se cansou e a quem mandou matar, com a ajuda de uma amiga. Patrizia, aos 72 anos, não se conforma de não ter sido procurada por Gaga para um bate-papo. “Não é pelo dinheiro, porque não estou ganhando um tostão com o filme. É por uma questão de bom senso e respeito”, afirma. Ah, está explicado.

Publicado em VEJA de 24 de março de 2021, edição nº 2730

Publicidade