Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Cauã Reymond: homenagem à vovó

A história de superação de Madame Blanche, avó materna do ator

Por Cleo Guimarães Atualizado em 9 jul 2021, 09h26 - Publicado em 9 jul 2021, 06h00
CAUÃ REYMOND E MADAME BLANCHE -
CAUÃ REYMOND E MADAME BLANCHE – Reprodução/Instagram

É difícil não se encantar com a foto e a história de superação por trás da aparente fragilidade de Madame Blanche, avó materna do ator Cauã Reymond, 41 anos. Ela nasceu com uma deficiência física que deformou suas pernas, testemunhou a morte do noivo em um acidente trágico na Avenida Brasil às vésperas da II Guerra Mundial e, solteira, adotou a mãe e uma tia de Cauã, que era esquizofrênica, ao ver que a família não tinha condições de sustentá-las. “Os problemas físicos não a impediram de ser superbatalhadora e trabalhar muito, inclusive como cuidadora e empregada doméstica”, conta Cauã, que foi visitar Blanche no seu aniversário de 100 anos e postou o retrato dos dois nas redes. Quase 800 000 pessoas curtiram, mesmo sem maiores informações sobre a vovó, que o ator diz ser uma de suas grandes inspirações: “Ela mantém viva em mim a ideia de não desistir nunca”.

Publicado em VEJA de 14 de julho de 2021, edição nº 2746

Publicidade