Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Boas novas no tratamento de Bruno Covas

Imunoterapia devolveu peso, paladar e disposição

Por João Batista Jr. - 27 Apr 2020, 09h24

Em meio à crise do coronavírus, uma boa notícia. O prefeito Bruno Covas fez exames de sangue na semana passada e os resultados foram animadores. Ele segue mais animado, corado e com autorização de acompanhar in loco a gestão da pandemia na maior cidade do Brasil. No ano passado, Covas descobriu um tumor surgido na cárdia, a transição entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado e nos gânglios linfáticos. Há dois meses, novos exames mostraram que o tumor da cárdia e o do fígado haviam desaparecido. A má notícia foi que o sistema linfático ainda registrava células cancerígenas. Os médicos adotaram uma nova estratégia de combate, a imunoterapia. Bruno fez até o momento três das treze sessões previstas. Os resultados o deixaram animado. O tom da pele ficou menos amarelado e o paladar voltou.

Publicidade