Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Anitta: do subúrbio para o mundo

Cantora e equipe estão animadas; acham que o novo 'Girl from Rio' pode bater os 555 milhões de visualizações do clipe de 'Downtown'

Por Cleo Guimarães Atualizado em 30 abr 2021, 10h12 - Publicado em 30 abr 2021, 06h00
ANITTA
ANITTA – Reprodução/Instagram

Nada é por acaso na foto de capa de Girl from Rio, o single que Anitta acaba de lançar. Da virilha cavada na medida para chamar atenção ao número estampado no capô do ônibus — que os fãs (são 53 milhões só no Instagram) logo detectaram ser sua data de nascimento. “Nunca poria ali uma numeração aleatória. Que graça teria?”, pergunta o diretor criativo Giovanni Bianco. A pose, que virou meme na mesma hora, se integra ao cenário do clipe da música, filmado ora com estética retrô, ora com elementos que remetem às origens suburbanas de Anitta, como o popular Piscinão de Ramos. Cantora e equipe estão animadas: acham que Girl from Rio pode bater os impressionantes 555 milhões (sim, milhões) de visualizações que o clipe de Downtown, de 2017, alcançou no YouTube. “Ela quer conquistar o mundo e vai conseguir”, garante Bianco.

Publicado em VEJA de 5 de maio de 2021, edição nº 2736

Publicidade