Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Notas de falecimentos – Novembro 2016

Principais nomes que fizeram carreira ou tiveram presença significativa em séries de TV e que faleceram no último mês.

Por Fernanda Furquim Atualizado em 30 jul 2020, 21h10 - Publicado em 4 dez 2016, 16h42
Andrew Sachs (Foto: Ben Pruchnie/Getty Images)
Andrew Sachs (Foto: Ben Pruchnie/Getty Images)

Andrew Sachs (1930-2016)

Ator de Fawlty Towers, Andrew Sachs faleceu no dia 23 de novembro, aos 86 anos de idade, em consequência de demência vascular, diagnosticada em 2012.

Andreas Siegfried Sachs nasceu no dia 7 de abril de 1930 em Berlim, Alemanha. Filho de um judeu e uma católica, com descendência austríaca, Sachs e sua família se mudaram para a Inglaterra em 1938, fugindo dos nazistas.

Na década de 1950, Sachs começou a trabalhar nos bastidores de vários programas de rádio da BBC. Mais tarde, trabalhou como assistente de direção de palco em montagens teatrais, as quais o levaram a fazer participações como ator, carreira à qual se dedicou. Como ator, ele estreou na TV em 1958 fazendo participações em teleteatros e episódios de séries.

Sachs (à esquerda) e o elenco de 'Fawlty Towers' (Foto: BBC/Arquivo)
Sachs (à esquerda) e o elenco de ‘Fawlty Towers’ (Foto: BBC/Arquivo)

Em 1975, entrou para o elenco de Fawlty Towers, série cocriada e estrelada por John Cleese. Na história, Cleese é um estressado gerente de hotel que vive perdendo a paciência com Manuel (Sachs) um atrapalhado imigrante espanhol que trabalha como garçon e mensageiro do hotel.

Após o cancelamento da série, em 1979, Sachs passou a integrar o elenco de outras produções britânicas, bem como a atuar como narrador e dublador, sendo que o ator se afastou da carreira em 2015, quando sua saúde já estava comprometida.

Em 1960, ele se casou com Melony Lang, com quem teve uma filha, Kate Sachs. Ele também adotou legalmente os dois filhos da esposa, John Sachs, ator, e William Sachs, roteirista e diretor.

 

Fritz Weaver em 'Missão: Impossível' (Foto: CBS/Arquivo)
Fritz Weaver em ‘Missão: Impossível’ (Foto: CBS/Arquivo)

Fritz Weaver (1926-2016)

Ator convidado em diversas séries produzidas entre as décadas de 1960 e 2000, Fritz Weaver faleceu no dia 26 de novembro, aos 90 anos de idade.

Fritz William Weaver nasceu no dia 19 de janeiro de 1926, em Pittsburgh, Pensilvânia. Formado em Física, ele começou a estudar arte dramática em Nova Iorque, estreando como ator em 1954, em montagens Off Broadway. Ele chegou na TV em 1956, com participações em teleteatros e episódios de séries.

Ao longo de sua carreira, ele foi visto em episódios de Além da Imaginação, Cem Homens Marcados, Dr. Kildare, Os Defensores, As Enfermeiras, O Agente da UNCLE, Inferno nos Céus, O Fugitivo, Rawhide, Gunsmoke, Combate, Os Invasores, Ben o Urso Amigo, Os Violentos, Os Audaciosos, Têmpera de Aço, Dan August, Missão: Impossível, The F.B.I., Galeria do Terror, Medical Center, Room 222, Mod Squad, Mannix, Kung Fu, Barnaby Jones, Petrocelli, São Francisco Urgente, Mulher-Maravilha, Cannon, Havaí 5-0, Magnum, Quincy, O Barco do Amor, Assassinato por Escrito, Matlock, Nos Bastidores da Lei, Jornada nas Estrelas: a Nova Missão, Arquivo X, Fraser, Lei & Ordem, entre outras.

Weaver em 2009 (Foto: Charles Eshelman/Getty Images)
Weaver em 2009 (Foto: Charles Eshelman/Getty Images)

Em 1978, Weaver estrelou ao lado de Meryl Streep a minissérie Holocausto, sobre uma família judia que sofre com a ascensão do nazismo na Alemanha. Weaver interpretou o Dr. Josef Weiss, um médico, patriarca da família, que é enviado ao campo de concentração de Auschwitz. Por este trabalho, Weaver foi indicado ao Emmy.

Paralelamente à sua carreira na TV, Weaver continuou atuando no teatro, em diversas montagens, muitas delas de peças de William Shakespeare e Arthur Miller, entre outros autores famosos.

Weaver também emprestou sua voz a diversos personagens animados, além de ter feito narrações em especiais e documentários.

Apesar da idade avançada, Weaver trabalhou até sua morte. Seu último filme foi lançado no cinema este ano, com o título de The Congressman.

Entre 1953 e 1979, ele foi casado com Sylvia Short,com quem teve dois filhos. Anthony Weaver e Lydia Weaver. A união terminou em divórcio. Desde 1997 ele estava casado com a atriz Rochelle Oliver.

 

Julie Gregg em 'Banyon' (Foto: NBC/Arquivo)
Julie Gregg em ‘Banyon’ (Foto: NBC/Arquivo)

Julie Gregg (1937-2016)

Atriz convidada em séries produzidas entre as décadas de 1960 e 1980, Julie Gregg faleceu no dia 7 de novembro, aos 79 anos de idade, vítima de câncer.

Beverly Scalzo nasceu no dia 24 de janeiro de 1937, em Niagara Falls, New York. Mais tarde, mudou-se para a Califórnia, onde estudou música e iniciou uma carreira de atriz, estreando em 1964 na TV, com participações especiais em séries de TV.

Julie Gregg em 'Batman' (Foto: ABC/Arquivo)
Julie Gregg em ‘Batman’ (Foto: ABC/Arquivo)

Ao longo de sua carreira ela foi vista em episódios de Marinha de McHale, Bonanza, Batman, Jeannie é um Gêmio, Cavalo de Ferro, A Feiticeira, A Noviça Voadora, Mod Squad, Havaí 5-0, O Homem de Virgínia, Missão: Impossível, Gunsmoke, Cannon, Mannix, Kojak, The F.B.I., Têmpera de Aço, Baretta, O Incrível Hulk e As Aventuras de B.J., entre outras.

Continua após a publicidade
Julie Gregg em 2014 (Foto: David Edwards/DailyCeleb/MediaPunch)
Julie Gregg em 2014 (Foto: David Edwards/DailyCeleb/MediaPunch)

Entre 1972 e 1973, Julie teve participações recorrentes em Banyon. A série, situada na década de 1930, narra a história de Banyon (Robert Forster), um detetive particular de Los Angeles. Julie interpretou Abby, sua namorada, uma cantora de night club.

Em 1975, ela estrelou Mobile One, série de curta duração que acompanhou a vida de um repórter de TV (Jackie Cooper). Julie interpretou a produtora Maggie Spencer.

No cinema, Julie interpretou Sandra Corleone, esposa de Sonny (James Caan) no filme O Poderoso Chefão I e II; e Antonia, a sobrinha de Don Quixote (Peter O’Toole) em Man of La Mancha (1972).

 

Owiso Odera (Foto: David Nobles via IMDB)
Owiso Odera (Foto: David Nobles via IMDB)

Owiso Odera (1973-2016)

Ator convidado de séries produzidas entre as décadas de 2000 e 2010, Owiso Odera faleceu no dia 3 de novembro, aos 43 anos de idade. O ator estava ensaiando a peça Detroit ’67 em Louisville quando sofreu um colapso e morreu no local.

Nascido em 1973, Owiso estreou na TV em 2005. Ao longo de sua curta carreira, ele foi visto em episódios de Numb3rs, FlashForward, Blue Bloods, NCIS: Los Angeles, The Good Wife, The Millers, Unforgettable, Madam Secretary e Minority Report.

O ator também teve participações recorrentes em episódios de Dirt, Three Rivers e The Originals.

Em paralelo à TV, ele manteve uma carreira no teatro.

 

Ron Glass em 1976 (Foto: ABC/Arquivo)
Ron Glass em 1976 (Foto: ABC/Arquivo)

Ron Glass (1945-2016)

Ator de Barney Miller e Firefly, Ron Glass faleceu no dia 25 de novembro, aos 71 anos de idade, vítima de problemas respiratórios.

Ronald Earle Glass nasceu no dia 10 de julho de 1945, em Evansville, Indiana. Formado em arte dramática e literatura, Glass estreou no teatro de Minneapolis antes de migrar para a TV na década de 1970.

Elenco de 'Barney Miller' (Foto: ABC/Arquivo)
Elenco de ‘Barney Miller’ (Foto: ABC/Arquivo)

Ao longo de sua carreira, foi visto em episódios de Tudo em Família, Maude, The Bob Newhart Show, Havaí 5-0, Sanford and Son, São Francisco Urgente, Casal 20, Além da Imaginação (remake), Assassinato por Escrito, Designing Women, O Desafio, Friends, Jack & Jill, Jornada nas Estrelas: Voyager, The Division, Yes Dear, Shark, Dirty Sexy Money, CSI: NY, CSI e Agentes da S.H.I.E.L.D., entre outras.

Elenco de 'Firefly' (Foto: Fox/Arquivo)
Elenco de ‘Firefly’ (Foto: Fox/Arquivo)

Entre 1975 e 1982, Glass integrou o elenco de Barney Miller, série cômica policial na qual interpretou o Sargento Ron Harris, um sujeito intelectual cuja ambição é se tornar um escritor. Por este trabalho, Glass foi indicado ao Emmy.

Entre 1982 e 1983, ele estrelou a segunda versão de The Odd Couple. Com o título de The New Odd Couple, a série acompanhou as vidas de Felix (Glass) e Oscar (Demond Wilson), personagens que atualmente podem ser vistos na terceira versão da série, estrelada por Matthew Perry e Thomas Lennon.

Ron Glass em 2013 (Foto: Maury Phillips/WireImage)
Ron Glass em 2013 (Foto: Maury Phillips/WireImage)

Na década de 1990, Glass integrou o elenco de mais duas séries de curta duração: Rhythm & Blues (1992-1993), sobre os bastidores de uma rádio afro-americana onde o principal DJ é branco; Mr. Rhodes (1996-1997), sobre um escritor que se torna professor (Tom Rhodes) na escola onde estudou, mas mantém um comportamento pior que o de seus alunos; e Um Anjo Muito Doido/Teen Angel (1997-1998), sobre Marty (Mike Damus), um garoto recém falecido que se torna o anjo da guarda de seu melhor amigo (Corbin Allred). Glass interpretou Rod, primo de Deus, mentor de Marty.

Entre 2002 e 2003, Glass integrou o elenco de Firefly, outra série de curta duração. A história acompanhou as aventuras da tripulação da nave Firefly. Glass interpretou Derrial Book, um pastor que faz parte da tripulação.

O ator também integrou o elenco de vozes de Rugrats e sua spinoff, All Grown Up, fazendo a faz de Randy Carmichael.

Cliquem nas fotos para ampliar.

____________________

Em novembro também faleceram os atores Robert Vaughn, Van Williams Florence Henderson; bem como o roteirista Max Mallmann.

Continua após a publicidade
Publicidade