Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

History Channel Não Exibirá a Minissérie The Kennedys

Surpreendendo a imprensa, o History Channel decidiu não exibir a minissérie “The Kennedys”, que seria a primeira produção ficcional do canal, conhecido por seus documentários. Considerado um projeto ambicioso, a minissérie apresenta os bastidores das relações familiares e políticas da família Kennedy, centrada nas figuras de John, seu irmão Robert e seu pai Joe. No […]

Surpreendendo a imprensa, o History Channel decidiu não exibir a minissérie “The Kennedys”, que seria a primeira produção ficcional do canal, conhecido por seus documentários.

Considerado um projeto ambicioso, a minissérie apresenta os bastidores das relações familiares e políticas da família Kennedy, centrada nas figuras de John, seu irmão Robert e seu pai Joe. No elenco estão Greg Kinnear (John Kennedy), Katie Holmes (Jacqueline), Barry Pepper (Robert) e Tom Wilkison (Joe Kennedy), entre outros.

A decisão do canal não afeta a exibição internacional de “The Kennedys”. Oferecida no final de 2010 a canais de outros países, a minissérie de oito episódios já teria sido comprada por um canal canadense, que teria agendado sua exibição para o dia 6 de março, segundo o Hollywood Reporter.

Representantes do History Channel explicaram que a decisão de cancelar a exibição em território nacional foi tomada depois que o resultado final foi conferido. O roteiro não teria conseguido ser historicamente fiel aos fatos ocorridos a ponto de satisfazer os padrões de exigência do canal.

Segundo o canal E! “The Kennedys” traz algumas cenas polêmicas. Entre elas, a forma como JFK é retratado como um viciado em sexo, chegando ao ponto de declarar ao seu irmão Robert que ele sente enxaqueca se não fizer sexo com mulheres diferentes com frequência; uma cena em que o pai Joe é visto quebrando um crucifíxo; e a sugestão de que a construção do Muro de Berlim teria sido uma ideia de JFK.

Este cancelamento levou a imprensa americana a questionar seus verdadeiros motivos. Desde 2009, quando o projeto foi anunciado, políticos de esquerda e historiadores vinham criticando a decisão do canal de produzir uma história ficcional sobre a vida dos Kennedys. Uma das principais críticas foi a escolha do conservador Joel Surnow (24 Horas) como produtor do projeto, que teve direção de Jon Cassar.

Para piorar a situação, a primeira versão do roteiro, escrito por Stephen Kronish, vazou em fevereiro de 2010. Sendo avaliado por jornalistas do New York Times, eles apontaram vários erros históricos.  Garantindo que o roteiro seria revisado por historiadores, o canal deu continuidade ao projeto.

O motivo alegado pelo canal para cancelar sua exibição não convenceu uma parte da imprensa americana, visto que o resultado final reflete o roteiro aprovado pelo History Channel. Segundo o Variety, especula-se que o canal tenha sofrido pressões por parte das empresas associadas a ele, como a Disney, a Hearst e a NBC Universal, para engavetar a produção.

Produzida pela Asylum Entertainment e Muse Entertainment, existe a possibilidade da minissérie ser oferecida a outro canal americano, como ocorreu com “The Reagans”. A produção de 2003 para a CBS, cujo roteiro também vazou antes de sua exibição, levou conservadores a criticar a forma como o governo Reagan era retratado, em especial sua postura com relação às vítimas do vírus da AIDS. Ameaçada de boicote por parte dos anunciantes, a CBS cancelou a exibição da minissérie, que foi parar no canal a cabo Showtime. Posteriormente, foi lançada em DVD e vendida ao mercado internacional. No Brasil, foi exibida pelo GNT.

Ao anunciar o cancelamento de “The Reagans”, o canal informou que “ao avaliar o resultado final, verificou-se que ele não apresenta um retrato equilibrado da era Reagan para atender a CBS e seu público”. As críticas também levaram o roteiro de “The Reagans” a passar por uma revisão antes de ser aprovado e produzido, tal qual ocorreu com “The Kennedys”.

Abaixo, o trailer de “The Kennedys”:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s