Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Unbreakable Kimmy Schmidt’ migra da NBC para o Netflix

Unbreakable Kimmy Schmidt, nova série de Tina Fey e Robert Carlock, ambos de 30 Rock, estava prevista para estrear na rede NBC na Midseason. Mas, como já ocorreu com tantas outras séries, ela foi cancelada antes que seus episódios pudessem ser exibidos. Segundo representantes da NBC, a falta de espaço na grade levou ao cancelamento […]

unbreakable-kimmy-schmidt

Unbreakable Kimmy Schmidt, nova série de Tina Fey e Robert Carlock, ambos de 30 Rock, estava prevista para estrear na rede NBC na Midseason. Mas, como já ocorreu com tantas outras séries, ela foi cancelada antes que seus episódios pudessem ser exibidos. Segundo representantes da NBC, a falta de espaço na grade levou ao cancelamento da série. No entanto, é mais provável que o cancelamento tenha ocorrido porque o enredo da sitcom tem poucas chances de atrair o interesse de uma grande audiência.

A notícia foi divulgada à imprensa junto com o anúncio de que o Netflix já resgatou a produção, e ainda encomendou treze episódios para a segunda temporada. A primeira temporada (produzida para a NBC), também composta de treze episódios, será disponibilizada pelo site de streaming em março de 2015.

Tituss e Ellie em cena de 'Unbreakable Kimmy Schmidt' (Foto: Steve Sands/GC Images)

Tituss e Ellie em cena de ‘Unbreakable Kimmy Schmidt’ (Foto: Steve Sands/GC Images)

Estrelada por Ellie Kemper (The Office), a história acompanha a trajetória de Kimmy, uma mulher que, após quinze anos convivendo com uma seita que acredita no apocalipse, decide largar tudo e reiniciar sua vida em Nova Iorque.

Sem posses e sem planos, ela chega na cidade grande onde é contratada por uma mulher rica (Jane Krakowski, de 30 Rock) que precisa de uma babá para sua filha Xanthipp (Dylan Gelula, de Jennifer Falls, Chasing Life), uma adolescente mimada, porém sensível.

Em Nova Iorque, Kimmy também conhece Titus (Tituss Burgess, de 30 Rock), um cantor afro-americano gay que nunca conseguiu fazer carreira na Broadway. Agora ele vive com pouco dinheiro trabalhando em Times Square vestido de robô fazendo anúncios. Os dois se tornam amigos e passam a dividir um apartamento.

No elenco também estão Sara Chase, como  Cyndee, a melhor amiga de Kimmy na seita; Lauren Adams como Gretchen, membro da seita há dez anos, e a única que acredita em tudo o que lhe dizem; Sol Miranda, Carol Kane (Taxi) e Andrew Ridings.

Krakowski substituiu Megan Dodds, que interpretou a personagem no episódio piloto, produzido para avaliação.

A produção é da Universal Television, Little Stranger, 3 Arts Entertainment e Bevel Gears.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Rubens

    Parece que a NBC começa a tomar jeito… Nao adianta nada aprovar uma pilha de comedias sem a menor graça e tê-las canceladas apenas alguns episodios depois de exibidas (ou mante-las eternamente com baixa audiencia, so porque ganharam premios). Um ou outro titulo, va la, mas na NBC isso ja virou rotina.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Marcos Alexandre

    Não acredito que esta sitcom seja “sem a menor graça”, pois a Tina Fey é muito talentosa e sabe fazer humor muito bem. O que ocorre é que ela tem um tipo de humor mais sutil, fino e irônico – o que não agrada a todos. 30 Rock foi ótima, com tiradas muito inteligentes. Se esta próxima série dela for metade do que foi 30 Rock, já vale a pena.

    Curtir