Clique e assine com 88% de desconto
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

PT faz 40 anos com cabeça de criança mimada de 7

Nas eleições municipais deste ano, o partido quer convencer seus pares a brincar de dança das cadeiras com ele

Por Sensacionalista - Atualizado em 14 fev 2020, 10h49 - Publicado em 14 fev 2020, 06h00

Nesta semana teve bolo e parabéns com vela vermelha de estrela para comemorar quatro décadas de um dos partidos mais importantes da história do Brasil. O aniversariante, porém, chegou atrasado, implicou com o recheio de nozes e meteu o dedão no bolo antes de servirem. O PT atinge a meia-idade com cabeça de filho único de 7 anos: acha que pode tudo, não deixa outras crianças brincar e jamais, em hipótese alguma, pede desculpa.

“Não é à toa que cada vez menos gente quer conviver com ele. Já puxou o tapete de muitos”, reclama um ex-coleguinha do Nordeste que prefere não se identificar. Nas eleições municipais deste ano, o partido quer convencer seus pares a brincar de dança das cadeiras com ele. Desde que, é claro, fique combinado que a cadeira será sua.

Publicado em VEJA de 19 de fevereiro de 2020, edição nº 2674

Publicidade