Clique e assine a partir de 9,90/mês
Ricardo Rangel

“O coração tem razões que a própria razão desconhece.”

O que leva os bolsonaristas a continuar apoiando Bolsonaro?

Por Ricardo Rangel - 30 Jun 2020, 14h20

Há eleitores que votaram em Bolsonaro por causa da Lava-Jato. De lá para cá, Bolsonaro forçou a demissão de Sergio Moro (que afirma que o presidente não tem compromisso com o combate à corrupção), e encarregou Augusto Aras de esvaziar a operação (os promotores se demitiram em sinal de protesto) e de procurar provas para incriminar Moro.

Há eleitores que votaram em Bolsonaro porque ele prometeu lutar contra o foro privilegiado. De lá para cá, Bolsonaro se esforça ao máximo para conseguir foro privilegiado para seu filho Zero Um.

Há eleitores que votaram em Bolsonaro porque ele prometeu não negociar com a “velha política”. De lá para cá, loteou seu governo ao centrão, que é o que há de mais velho e corrupto na política brasileira.

Há eleitores que votaram em Bolsonaro porque acreditavam que ele invocaria o artigo 142 e fecharia o Congresso e o Supremo Tribunal Federal. De lá para cá, Bolsonaro baixou a cabeça, demitiu o radical Weintraub, defende a democracia e busca um entendimento com o Supremo e o Congresso.

Continua após a publicidade

É fácil entender por que Bolsonaro age como age.

Difícil é entender o que leva os bolsonaristas a continuarem apoiando Bolsonaro depois de terem sido traídos de maneira tão acachapante.

“O coração tem razões que a própria razão desconhece”, disse Blaise Pascal.

Publicidade