Clique e assine a partir de 9,90/mês
Ricardo Rangel

100% coerente

Decisão monocrática em cima dos outros é refresco

Por Ricardo Rangel - Atualizado em 1 set 2020, 12h57 - Publicado em 1 set 2020, 14h00

Quando Alexandre de Moraes tomou a decisão monocrática de censurar os blogueiros bolsonaristas, Jair Bolsonaro se enfureceu, bradou um “acabou, porra!” e ameaçou fechar o Supremo.

Quando Benedito Gonçalves tomou a decisão monocrática de afastar Wilson Witzel, cassando 4,7 milhões de votos, Jair Bolsonaro não reclamou. Pelo contrário, achou normal e ainda fez piada.

Ninguém pode acusar Jair Bolsonaro de ser incoerente.

Bolsonaro é 100% coerente.

Continua após a publicidade
Publicidade