Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Supremo nega pedido de liberdade a Eduardo Cunha

Por oito votos a um, o ex-presidente da Câmara continua preso em Curitiba

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 16 fev 2017, 17h32 - Publicado em 15 fev 2017, 18h11

Exceto pelo voto de Marco Aurélio Mello, conforme esse blog anteviu, o ex-presidente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha, PMDB-RJ, teve negada a reclamação que pediu sua libertação que  por oito votos. Todos os ministros argumentaram que o instrumento usado pela defesa de Cunha não era apropriado para pedir sua libertação no Supremo, até Mello, único a dar voto pela libertação do investigado.

Comento mais tarde.

Publicidade