Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

PSDB escala publicitário envolvido em escândalo em MG

Por Cátia Seabra, na Folha: Publicitário escalado para a produção do programa nacional do PSDB, Eduardo Pereira Guedes Neto é um dos 11 réus do esquema batizado de mensalão mineiro.  Secretário-adjunto do governo tucano de Eduardo Azeredo (1995-1998), Guedes é acusado de viabilizar, em 1998, transferência de recursos da Comig (Companhia Mineradora de MG) e […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 13h04 - Publicado em 25 jan 2011, 06h23

Por Cátia Seabra, na Folha:
Publicitário escalado para a produção do programa nacional do PSDB, Eduardo Pereira Guedes Neto é um dos 11 réus do esquema batizado de mensalão mineiro.  Secretário-adjunto do governo tucano de Eduardo Azeredo (1995-1998), Guedes é acusado de viabilizar, em 1998, transferência de recursos da Comig (Companhia Mineradora de MG) e da Copasa (Companhia de Saneamento de MG) para a SMPB -agência do publicitário Marcos Valério- para patrocínio de evento sem licitação.  Réu desde fevereiro de 2010, Guedes foi convocado às pressas pela sigla. Afastado após a eleição do ano passado, o jornalista Luiz Gonzalez não foi chamado para a produção do programa.  Apesar do problema na Justiça, o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), elogia o trabalho de Guedes. “Volta e meia, alguém lembra [o envolvimento no caso]. Mas Guedes é muito correto, profissional”, reagiu. Aqui

Publicidade